Concurso IBGE: taxa do concurso Censo 2020 será ressarcida até 30/10

Para resgatar o valor da taxa de inscrição, os candidatos do concurso IBGE para o Censo de 2020 devem comparecer a uma agência do Banco do Brasil. Saiba mais!

Você se candidatou no concurso IBGE para o Censo de 2020 e ainda não solicitou ou recebeu o ressarcimento da taxa de inscrição? Para efetuar o procedimento e sacar o valor correspondente, será necessário comparecer a uma agência do Banco do Brasil até o dia 30 de outubro (nesta sexta-feira) e apresentar documento de identidade ou CPF.

A devolução vai ser realizada por ordem bancária e somente os próprios candidatos conseguirão retirar os valores ressarcidos. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), aproximadamente 60 mil inscritos já resgataram o dinheiro desde o mês de maio de 2020.

O concurso Censo 2020, que foi adiado em razão da pandemia, contou com o total de 100.735 inscrições pagas. Por sua vez, as taxas foram calculadas no valor de R$ 23,61 para nível fundamental (Recenseador) e R$ 35,80 aos inscritos com ensino médio completo (Agente Censitário Supervisor e Agente Censitário Municipal).

Acompanhe a matéria completa e fique por dentro de mais detalhes sobre o assunto. Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site, como simulados e artigos. Temos certeza de que existe um material feito especialmente para você!

Concurso IBGE: devolução das taxas do certame adiado para o Censo 2020

As ordens bancárias ficarão disponíveis para saque durante o prazo de cinco dias úteis (de 26 a 30 de outubro de 2020), desde que não existam inconsistências nos CPFs dos interessados.

Caso não sejam retiradas dentro desse período, as taxas vão retornar ao IBGE e deverão ficar indisponíveis até que os valores sejam processados novamente.

Os canais de atendimento do IBGE, por meio do telefone 0800 721 8181 e do e-mail ibge@ibge.gov.br, continuam funcionando para aqueles que queiram sanar mais dúvidas.

Sobre o concurso adiado em razão da COVID-19

O concurso IBGE para o Censo Demográfico estava previsto para ocorrer no ano de 2020. Entretanto, os trâmites foram postergados para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus. Os dois editais adiados (nº 2/2020 e 3/2020) asseguravam o total de 208.695 vagas temporárias.

As oportunidades seriam destinadas para profissionais de níveis fundamental e médio, com remunerações de até R$ 2.100,00. Veja, abaixo, como seria a distribuição das vagas:

  • 5.462 vagas para a função de Agente Censitário Municipal (ACM);
  • 22.676 vagas para Agente Censitário Supervisor (ACS); e
  • 180.557 vagas para Recenseador.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »