Concurso PC RN: lei estipula quais devem ser as etapas e provas

Concurso PC RN teve as etapas definidas por meio de Lei Complementar sancionada pela governadora do Rio Grande do Norte. Veja mais detalhes.

concurso pc rn: a imagem mostra policiais civis de costas para a câmera

Serão realizadas cinco etapas. - Foto: Guilherme Santos/Sul21.com.br

Foi sancionada a Lei Complementar 673/2020, que altera Lei Orgânica e Estatuto da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte. Dessa forma, há uma mudança nas etapas do concurso PC RN. O texto sancionado pela governadora Maria de Fátima Bezerra define que o ingresso nas carreiras de Classe inicial acontecerá por meio de concurso público.

O documento prevê que os interessados em entrar para a Polícia Civil serão submetidos a provas que demonstrem a aptidão mental e física relacionadas às atividades dos cargos. Além disso, é possível que os candidatos sejam avaliados por meio de provas de títulos. A lei especifica que:

"Art. 44. O ingresso na Classe inicial das carreiras pertencentes à Polícia Civil do Estado farse-á mediante concurso público de prova ou provas e títulos, em que sejam avaliadas as qualificações e aptidões específicas para o desempenho do cargo.
§ 1º O concurso de que trata o caput deste artigo será realizado em 5 (cinco) etapas, sucessivas e eliminatórias:
I - a primeira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, compreenderá a avaliação de conhecimentos teóricos gerais e específicos, por meio de prova escrita objetiva, com base em matéria objeto do programa definido em Edital, publicado no Diário Oficial do Estado;
II - a segunda etapa será constituída de prova escrita discursiva, com base em matéria objeto do programa constante do Edital referido no item anterior;
III - a terceira etapa será a avaliação física, ressalvado o disposto no § 22 deste artigo;
IV - a quarta etapa consistirá no exame psicotécnico;
V - a quinta etapa consistirá na habilitação em curso de formação específico, promovido pela Academia de Polícia Civil ou órgão oficial congênere.”

O concurso PC RN e outras mudanças

Um edital está para ser lançado com 301 vagas sob a organização da Fundação Getúlio Vargas. As remunerações variam entre R$ 4.731,91 e R$ 16.670,59. Os cargos ofertados são de nível superior:

  • Delegado: graduação em Direito;
  • Agente e Escrivão: graduação em qualquer área do conhecimento.

Todos os candidatos do concurso PC RN, de acordo com a Lei Complementar, deverão comprovar ter a formação mínima exigida.

Outro ponto previsto na Lei, entre as provas, é uma etapa de avaliação prática para o cargo de Escrivão que irá substituir o teste físico. Sendo assim, o candidato irá operar um microcomputador realizando tarefa específica da função.

As provas do certame previsto devem acontecer no primeiro semestre de 2021. Segundo o texto aprovado, devem ser convocados para o Curso de Formação Profissional Policial até três vezes o número de vagas ofertadas para cada função.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Comentários