Concurso PF 2021: governo autoriza provas em dois meses após edital

O Ministério da Economia autorizou a realização da prova do concurso PF 2021 em dois meses após divulgação do edital.

Concurso PF 2021: a imagem mostra o brasão da polícia federal

Provas serão realizadas em dois meses após lançamento do edital! - Foto: Divulgação

Foi divulgada a portaria SEDGG/ME nº 25.634, no Diário Oficial da União de 06 de janeiro de 2021, onde o Ministério da Economia autoriza a redução, para dois meses, do prazo de antecedência mínima entre a publicação do edital do certame e a realização da primeira prova do concurso PF 2021.

Em dezembro de 2020, o secretário executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Tercio Issami Tokano, enviou um oficio ao Ministério da Economia solicitando que, após a publicação do edital do concurso da Polícia Federal, a prova ocorra em 60 dias, ou seja, 2 meses.

Prazo entre a publicação do edital e as provas

De acordo com a norma, os órgãos federais têm um prazo de quatro meses entre o lançamento do edital e a realização da primeira prova de concurso. Contudo, no dia 14 de dezembro de 2020, a PF enviou um ofício ao Ministério da Economia pedindo a redução desse período pela metade. A pasta aprovou a solicitação e, dessa forma, as provas terão início dois meses após a publicação do edital.

A justificativa para a redução no cronograma do concurso Polícia Federal é que “foi estipulado de forma que possa ocorrer o provimento nos 1.500 cargos da Carreira Policial Federal ainda no ano de 2021”. No entanto, além das provas do concurso que formam a primeira etapa, os candidatos devem passar por um Curso de Formação Policial.

Seguindo o calendário sem redução do tempo, poderia não ser feita a incorporação de todas as vagas dentro do previsto. Isso porque, segundo o órgão, a Academia Nacional de Polícia, onde é realizado o treinamento, não tem capacidade para todos os aprovados. Dessa forma, será necessário dividir em duas turmas.

"Diante do exposto, e com fulcro no inciso IV do artigo 27 da Portaria ME Nº 406, de 8 de dezembro de 2020, do Ministério da Economia, bem como pelas razões apresentadas pela Polícia Federal, solicito autorização para que o prazo mínimo entre a publicação no Diário Oficial da União do edital do concurso público que será realizado pela Polícia Federal e a realização da primeira prova seja reduzido para dois meses”, dizia o ofício.

Concurso PF 2021: 1.500 vagas; edital em breve

De acordo com a autorização para o concurso Polícia Federal, as 1.500 vagas serão distribuídas da seguinte maneira:

  • Agente da Polícia Federal: 893 vagas;
  • Escrivão da Polícia Federal: 400 vagas;
  • Delegado da Polícia Federal: 123 vagas;
  • Papiloscopista: 84 vagas.

Recentemente, durante encerramento do curso de formação da PF, Bolsonaro informou que o edital do concurso Polícia Federal já está nos seus estágios finais.

“Estamos ultimando a confecção do edital de modo que o possamos ter esse efetivo a mais para combater o crime organizado no país”, destacou o presidente no dia 08 de outubro de 2020.

Márcia Andréia
Redatora
Jornalista no Portal Concursos no Brasil, estudou Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduanda em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Dom Alberto.
Atuou na produção da Record Bahia, na assessoria de comunicação da Prefeitura de Correntina - BA, na redação do Jornal do Sudoeste, dentre outras atividades na área de propaganda.

Compartilhe

Comentários

Especial PRF

Veja mais »