Concurso PF: suposto cronograma traz as datas do novo certame; confira

Com base no cronograma extraoficial, o edital do concurso PF poderá sair no dia 08 de dezembro de 2020. Saiba os detalhes!

Suposto cronograma traz as datas do concurso PF: logo da Polícia Federal. Ela está disposta em parede com cerâmica azulada

As provas poderão ser realizadas em abril de 2021. - Foto: DAR7 (Wikimedia Commons)

O edital do concurso PF (Polícia Federal) poderá ser publicado ao longo das próximas semanas! Existe um suposto calendário que dispõe sobre as principais datas relacionadas ao novo certame da corporação. Mesmo sem confirmações oficiais, alguns detalhes batem com o pronunciamento do presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef).

No dia 16 de setembro de 2020, Luís Antônio Boudens havia ressaltado que o cronograma preliminar poderia ser devidamente seguido. “A previsão é que a banca possa ser definida até o fim de outubro e o edital seja publicado em dezembro deste ano”, disso ao longo de uma entrevista.

Durante a ocasião, ele também informou que o pedido para o concurso já havia sido enviado antes mesmo do anúncio de Jair Bolsonaro, tendo em vista que o presidente da República confirmou o certame em live do dia 20 de agosto de 2020.

“Há uma discussão interna ainda sobre uma melhor distribuição para os cargos, como para peritos e servidores administrativos (níveis intermediário e superior). Também tem a unificação de cargos. Mas nada disso impede os trâmites do concurso público que irá acontecer ou ainda para um próximo certame”, Boudens complementou.

Acompanhe a matéria completa e fique por dentro de todos os detalhes sobre o cronograma extraoficial. Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site, como simulados e artigos. Temos certeza de que existe um material feito especialmente para você!

Cronograma extraoficial do concurso PF

Conforme cronograma que circula pela Internet, o concurso PF poderá contar com as seguintes datas:

  • Contrato oficial com a banca: 23 de novembro de 2020;
  • Publicação do edital de abertura: 08 dezembro de 2020;
  • Provas objetivas e discursivas: 11 de abril de 2021;
  • Teste de Aptidão Física (TAF): 12 a 13 de junho de 2021;
  • Exame médico: 17 e 18 de julho de 2021;
  • Prova de digitação: 22 de agosto de 2021;
  • Avaliação psicológica: 26 de setembro de 2021;
  • Etapa de heteroidentificação (para inscritos pretos e pardos): 31 de outubro de 2021;
  • Prova de títulos: 22 a 26 de novembro de 2021;
  • Resultado final: 21 de dezembro de 2021;
  • 1º curso de formação: janeiro de 2022;
  • 2º curso de formação: julho de 2022;
  • 3º curso de formação: janeiro de 2023;
  • 4º curso de formação: julho de 2023.

Sobre o concurso PF

Em agosto de 2020, o presidente Jair Bolsonaro confirmou um novo concurso público para a Polícia Federal. A corporação deverá ser contemplada com ao menos 2.000 vagas efetivas para os seguintes cargos:

  • Agente da Polícia Federal: 1.016 vagas;
  • Escrivão da Polícia Federal: 600 vagas;
  • Delegado da Polícia Federal: 300 vagas;
  • Papiloscopista: 84 vagas.

Bolsonaro estava ao lado do diretor-executivo da PF, Rolando Alexandre de Souza, quando realizou o pronunciamento nas suas redes sociais. “Nós conversamos com o ministro André [Mendonça] da Justiça, conversamos com Paulo Guedes e foram autorizadas, então, a abertura de concurso PF para 2.000 policiais federais”, destacou.

Vale lembrar que outras 508 vagas já haviam sido solicitadas pela Polícia Federal, mas esse pedido ainda não recebeu aval do Ministério da Economia. As oportunidades em questão dizem respeito aos servidores na área administrativa e de apoio (níveis médio e superior).

Veja, abaixo, a distribuição das vagas solicitadas:

  • Administrador: 21 vagas;
  • Arquivista: oito vagas;
  • Assistente Social: 10 vagas;
  • Bibliotecário: uma vaga;
  • Contador: nove vagas;
  • Economista: três vagas;
  • Enfermeiro: três vagas;
  • Engenheiro: uma vaga;
  • Estatístico: quatro vagas;
  • Farmacêutico: uma vaga;
  • Médico: 65 vagas;
  • Nutricionista: uma vaga;
  • Odontólogo: 11 vagas;
  • Psicólogo: cinco vagas;
  • Técnico em Assuntos Educacionais: 13 vagas;
  • Técnico em Comunicação Social: três vagas;
  • Agente Administrativo (para nível médio): 349 vagas.
Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »