Governo - PR zera cadastro reserva de concurso para peritos

Beto Richa autorizou ampliação de 38 vagas para o cargo de perito oficial da Polícia Científica.

Boa notícia para os que concorreram a uma vaga na polícia científica do Estado do Paraná. O governador Beto Richa autorizou na sexta-feira (26/10) a ampliação de 38 vagas para o cargo de perito oficial da Polícia Científica, o que vai permitir a convocação de todos os que ficaram inclusos no cadastro reserva do certame de 2007. 

Com a medida, ingressarão no quadro do Instituto de Criminalística do Paraná mais 34 peritos oficiais e no quadro do Instituto Médico-Legal (IML) mais 04 toxicologistas. Todos serão convocados para a avaliação médica, nomeação e definição da lotação nos próximos dias. A intenção do governo foi efetivamente zerar a lista de "aprovados que aguardavam há anos a convocação. Estamos honrando o compromisso para a melhoria da estrutura da segurança pública do Estado", disse o governador.

Investimentos para atender à demanda e promoções

Para melhorar o quadro de servidores do Estado, o governo informa que investiu R$ 340 mil mensais. Tais recursos contribuirão significativamente para um incremento de pessoal no Instituto de Criminalística, principalmente nas seções técnicas do interior do Estado. "O instituto necessitava de pois tem grande demanda por laudos e inquéritos", afirmou. O quadro atual de profissionais da instituição é o mesmo de 30 anos atrás", completou o diretor do órgão, Antonio Edison Vaz de Siqueira.

Além disso tudo, no começo deste mês, o governador Beto Richa autorizou a promoção de 87 peritos criminais da Polícia Científica que atuam no Instituto de Criminalística e no IML. Segundo a Agência de Notícias do Paraná, a nomeação dos novos peritos representará acréscimo de mais de 20% no quadro de profissionais da área no Estado.

Concurso previsto

A Polícia Científica ainda passará por outra ampliação no quadro. É que o governador também lembrou que está em pauta o lançamento de edital para novo concurso até o fim deste ano. Com a nova seleção, o número de servidores chegará a 600, o dobro do total atualmente existente.    

Compartilhe