Concurso Polícia Federal 2021: MPF recomenda reabertura de inscrições

Ministério Público Federal se manifestou novamente a favor de mudanças no edital do concurso Polícia Federal e reabertura das inscrições. Saiba mais.

concurso polícia federal: a imagem mostra a fachada de unidade da polícia federal

O cronograma segue sem alterações. - Foto: Agência Brasil / José Cruz

O Ministério Público Federal (MPF) encaminhou documento recomendando a reabertura das inscrições do concurso Polícia Federal para pessoas com deficiência (candidatos PcD). O texto foi enviado tanto para a PF quanto para o Cebraspe, banca organizadora da seleção. Antes mesmo que o prazo para os registros fosse encerrado, o MPF já havia sugerido mudanças nos critérios para PcD.

No dia 08 de fevereiro de 2021, o órgão se manifestou por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) pedindo a exclusão do ceratocone da lista de condições clínicas. A condição está entre os fatores considerados como incapacitantes para o candidato. A justificativa foi que “na sua fase leve, o ceratocone é muitas vezes esquecido ou mal diagnosticado como miopia e/ou astigmatismo”.

Agora, o documento do MPF sobre o concurso Polícia Federal recomenda as seguintes alterações no edital:

a) excluir a exigência prevista em seu item 5.2 quanto à apresentação, pelos candidatos com deficiência, de parecer emitido por equipe multiprofissional e interdisciplinar formada por três profissionais;

b) possibilitar que sejam aceitos laudos médicos que atestem a espécie e o grau ou nível da deficiência do candidato (mantendo-se a expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças – CID, bem como a provável causa da deficiência) subscritos por médico inscrito no Conselho Regional de Medicina, com o número da sua inscrição;

c) reabrir o prazo para a inscrição de candidatos com deficiência, de modo a possibilitar a inscrição daqueles que não a realizaram em virtude de tal exigência, mantendo-se a validade dos pareceres que já tenham sido apresentados nos termos do edital, por quem o tenha feito.

Detalhes do concurso Polícia Federal

O período de inscrições no concurso Polícia Federal foi de 22 de janeiro até 09 de fevereiro de 2021. Por causa de problemas técnicos no site da banca, o prazo foi prorrogado até o dia 11 de fevereiro de 2021. Na data de encerramento, o presidente Jair Bolsonaro fez uma live afirmando que o certame contava com 450 mil inscritos.

De acordo com o edital, estão sendo oferecidas 1.500 vagas, sendo que 123 são para o cargo de Delegado, exigindo nível superior em Direito. Esses receberão vencimento de R$ 23.692,74. O restante das oportunidades requer nível superior em qualquer área de formação e contarão com vencimentos de R$ 12.522,50. As funções disponíveis são:

  • Agente da Polícia Federal: 893 vagas;
  • Escrivão da Polícia Federal: 400 vagas;
  • Papiloscopista: 84 vagas.

Candidatos do concurso Polícia Federal precisam ficar atentos às novidades anunciadas por meio do Cebraspe. Até agora o cronograma continua o mesmo, com a primeira etapa de provas escritas prevista para acontecer no dia 21 de março de 2021.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »