Concurso Polícia Federal: provas podem ocorrer em março de 2021

De acordo com a corporação, as provas do concurso Polícia Federal podem acontecem no próximo mês de março. Falta apenas autorização do Ministério da Economia.

Concurso PF 2021: a imagem mostra o brasão da polícia federal

Serão ofertadas 1.500 vagas de nível superior. - Foto: Divulgação

Após a escolha e licitação de contratação do Cebraspe como banca do concurso Polícia Federal, o andamento dos trâmites está correndo conforme o previsto. Nesta terça-feira (29), a PF até confirmou que as provas podem acontecer em março de 2021. Isso indica que o edital pode mesmo ser lançado em janeiro.

Apesar das previsões, a data concreta para a realização das etapas, ainda não foi divulgada. A corporação ainda lembrou do pedido de redução do prazo de aplicação das provas para dois meses. “Havendo autorização neste sentido, as provas devem ocorrer no mês de março”, afirmou o órgão em conta oficial do Twitter.

Prazo entre a publicação do edital e as provas

De acordo com a norma, os órgãos federais têm um prazo de quatro meses entre o lançamento do edital e a realização da primeira prova de concurso. Contudo, no dia 14 de dezembro de 2020, a PF enviou um ofício ao Ministério da Economia pedindo a redução desse período pela metade. Assim, a ideia é que as etapas tenham início dois meses após a publicação do edital.

A justificativa é que o cronograma do concurso Polícia Federal “foi estipulado de forma que possa ocorrer o provimento nos 1.500 cargos da Carreira Policial Federal ainda no ano de 2021”. No entanto, além das provas do concurso que formam a primeira etapa, os candidatos devem passar por um Curso de Formação Policial.

Seguindo o calendário sem redução do tempo, pode não ser feita a incorporação de todas as vagas dentro do previsto. Isso porque, segundo o órgão, a Academia Nacional de Polícia, onde é realizado o treinamento, não tem capacidade para todos os aprovados. Dessa forma, será necessário dividir em duas turmas.

"Diante do exposto, e com fulcro no inciso IV do artigo 27 da Portaria ME Nº 406, de 8 de dezembro de 2020, do Ministério da Economia, bem como pelas razões apresentadas pela Polícia Federal, solicito autorização para que o prazo mínimo entre a publicação no Diário Oficial da União do edital do concurso público que será realizado pela Polícia Federal e a realização da primeira prova seja reduzido para dois meses”, dizia o ofício.

Detalhes do concurso Polícia Federal

O concurso Polícia Federal contará com 1.500 vagas imediatas, sendo 123 oportunidades para graduados em Direito que ingressarão no cargo de Delegado. A remuneração oferecida para esses é de R$ 23.692,74, enquanto o valor de R$ 12.522,50 é oferecido para profissionais com nível superior em qualquer área nas funções de:

  • Escrivão: 400 vagas;
  • Papiloscopista: 84 vagas; e
  • Agente: 893 vagas.

A PF também já confirmou que podem ser convocados outros 500 excedentes aprovados no concurso Polícia Federal. Sobre as datas de prova, ainda não foram confirmadas. Mas com a previsão para março, é possível que ocorra nos dias 7, 14, 21 ou 28, pois são os domingos do mês e as etapas de certames normalmente ocorrem aos domingos.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »