Concurso PRF não tem previsão de vaga para nível médio

Concurso PRF somente prevê a contratação de profissionais graduados. Não há estimativa de novas vagas para nível médio. Saiba mais.

Vagas de nível médio no concurso PRF: enquadramento em lateral de viatura da PRF

Os profissionais interessados devem ter nível superior em qualquer área de formação. - Foto: André Gustavo Stumpf / Flickr

Muitas pessoas esperavam que o concurso PRF contemplasse oportunidades para profissionais de nível médio completo. O diretor-executivo da corporação, José Hott, disse que a autorização apenas diz respeito ao cargo Policial Rodoviário Federal (graduação em qualquer área de formação). Não há, até então, estimativa de um novo concurso para cargos da carreira administrativa e de nível médio.

“O que nós temos é autorização para concurso policial e a carreira policial na PRF é de nível superior. Vagas para nível médio seria no plano especial de cargos na carreira administrativa. Nós não temos previsão de concurso para a carreira administrativa ao longo de 2021 e ao longo de 2022. Nos próximos dois, três anos é muito difícil ter esse concurso”, explicou José Hott em live promovida na última segunda-feira (28/12).

Concurso PRF: 1.500 vagas apenas para nível superior; edital previsto para janeiro de 2021

De acordo com a portaria de autorização, o concurso PRF contemplará 1.500 vagas efetivas e imediatas para o cargo de Policial Rodoviário Federal. Os profissionais aprovados deverão receber remunerações de R$ 10.357,88, além de gratificações correspondentes aos serviços em momento de descanso. Confira, abaixo, as etapas eliminatórias e classificatórias do certame:

  1. Provas objetivas;
  2. Provas discursivas;
  3. Teste de Aptidão Física (TAF);
  4. Apresentação de Documentos;
  5. Avaliação Médica;
  6. Avaliação Psicológica;
  7. Investigação Social;
  8. Avaliação Biopsicossocial;
  9. Curso de Formação Policial (CFP).

Requisitos e atribuições

Após as contratações pelo concurso PRF, os candidatos empossados vão exercer as seguintes funções:

  • Atividades de natureza policial envolvendo fiscalização;
  • Patrulhamento e policiamento ostensivo;
  • Atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários;
  • Demais atribuições relacionadas com a área operacional da Polícia Rodoviária Federal.

Os candidatos interessados devem ter nível superior em qualquer área de formação. Outros requisitos também precisam ser cumpridos, conforme edital anterior (2018). Veja quais são:

  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses;
  • Poder exercer os seus direitos políticos;
  • Estar em dia com as obrigações militares (para candidatos do sexo masculino);
  • Estar em dia com a Justiça Eleitoral;
  • Ter CNH na categoria “B”;
  • Ser recomendado na fase de investigação social;
  • Ter idade mínima de 18 anos (completos na data da posse);
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições correspondentes.
Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »