Concurso PRF 2021: a princípio, provas serão aplicadas nas capitais

Diretor explica motivo das provas do concurso PRF, por enquanto, serem aplicadas somente em capitais.

Na segunda-feira (28/12), o diretor-executivo da Polícia Rodoviária Federal, José Hott, falou sobre o motivo de, a princípio, aplicar as provas do concurso PRF nas capitais do Brasil. Os comentários foram feitos após uma pergunta de um internauta durante live no Instagram.

Segundo Hott, a ideia inicial é ter provas somente nas 27 capitais por causa da logística e de outros aspectos como a segurança.

“O cenário, a princípio é este: provas nas 27 capitais. Sempre se tem uma discussão sobre provas no interior. A questão de estruturação do concurso envolve um grau de logística elevado, aspectos de segurança e envolve também a análise do volume de inscrições”, disse Hott.

“A gente não pode colocar uma prova em uma cidade de interior onde você tem um número de inscritos que inviabilize, por ser muito pequeno, a aplicação da prova naquela localidade. A aplicação da prova envolve uma logística de estrutura física, salas, escolas que são utilizadas para aplicar as provas e fiscais, principalmente. Uma logística de distribuição dessas provas com segurança”, complementou.

Isso também foi reforçado pela Diretora de Pessoal da PRF, Silvia Borges, durante a coletiva de imprensa realizada no dia 06 de janeiro de 2021.

Hott não descartou totalmente as provas no interior

Antes de encerrar sua resposta sobre o tema, Hott voltou a afirmar que as avaliações ocorreriam nas capitais, mas não descartou por completo a possibilidade de que, dependendo da situação, alguma cidade do interior receba as provas.

“A princípio, provas nas capitais. A partir do que a gente tiver junto com a organizadora escolhida e dados das inscrições, podemos avaliar se o cenário muda”, explicou o diretor.

Vale lembrar que no certame anterior da PRF, realizado em 2018, só houve aplicações de provas nas capitais.

Sobre o concurso PRF

O concurso PRF ofertará 1.500 vagas diretas para o cargo de Policial Rodoviário Federal para o ano de 2021. Além disso, é previsto que outras 500 vagas sejam preenchidas no ano de 2022, no grupo chamado de excedentes.

A remuneração inicial poderá ser de até R$ 10.357,88, sendo necessário ter nível superior em qualquer área para poder assumir o cargo.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »