Concurso PRF: provas adiadas para 09 de maio de 2021

O Cebraspe informou que as provas do concurso PRF foram adiadas e o cronograma todo precisou ser alterado por causa da pandemia de coronavírus.

concurso prf: a imagem mostra policial em cima de moto em primeiro plano e ao fundo várias pessoas reunidas

Cronograma ainda será divulgado. - Foto: Wikimedia Commons

As provas do concurso PRF foram adiadas! A suspensão temporária das avaliações foi informada pelo Cebraspe, banca organizadora responsável por todas as etapas do certame. O comunicado oficial foi divulgado nesta sexta-feira (12/02), avisando o adiamento das provas, que estavam marcadas para acontecer no dia 28 de março, por causa da pandemia de COVID-19.

A decisão foi tomada como forma de proteger candidatos e servidores, num momento em que os números de pessoas contaminadas pela doença crescem cada vez mais no Brasil. Nas últimas 24h, o país registrou o número recorde de mortos por coronavírus, chegando a 2.207 óbitos em um dia.

Novo cronograma do concurso PRF 2021

De acordo com o Cebraspe, as provas escritas do concurso PRF foram remarcadas para o dia 09 de maio de 2021. A suspensão da data original deve alterar foto o cronograma, com novas datas para o restante das etapas, que será publicado no dia 22 de março de 2021. A banca também irá liberar o “edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização”.

Este deve ser divulgado no dia 30 de abril de 2021, como informa o aviso de suspensão. Confira o comunicado de suspensão completo no site da banca organizadora (Cebraspe).

Veja detalhes do concurso PRF

A Polícia Rodoviária Federal abriu 1.500 vagas imediatas de nível superior em qualquer área para Policiais. Além disso, foram autorizadas outras 500 vagas excedentes para formar uma segunda turma do Curso de Formação (CF) em 2022. O concurso PRF contará com as seguintes etapas:

  1. Provas objetivas;
  2. Provas discursivas;
  3. Avaliação psicológica;
  4. Procedimento biopsicossocial (exclusivo para PcD);
  5. Heteroidentificação (somente autodeclarados negros);
  6. Teste de Aptidão Física (TAF);
  7. Prova de títulos;
  8. Avaliação médica;
  9. Investigação social.

Aqueles que forem aprovados serão convocados para o CF, onde passarão por treinamento teórico e prático sobre a função do Policial Rodoviário Federal. Aqueles que obtiverem a frequência exigida no curso e a nota esperada serão convocados para a ingressar na corporação. Durante o tempo de treinamento, os candidatos receberão 50% do valor do subsídio.

Segundo o diretor-executivo José Hott, os primeiros colocados poderão escolher onde serão lotados. Vale ressaltar ainda que as oportunidades são para cidades de fronteira.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »