Concurso SEFAZ SP: órgão tem déficit de 2 mil cargos

Último concurso SEFAZ foi realizado em 2013. De lá para cá, o órgão foi acumulando cargos vazios.

concurso SEFAZ SP, sede da SEFAZ SP

Novo concurso é necessário para suprir déficit. - Foto: SEFAZ SP/ Divulgação

Um novo concurso SEFAZ SP é esperado por milhares de concurseiros. Apesar de ainda não ter um novo edital, a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (SEFAZ SP) conta hoje com mais de 2 mil cargos vagos.

Em 2015, a SEFAZ solicitou ao governo estadual um novo certame para prover 759 vagas para Técnico da Fazenda Estadual. No entanto, o estado de São Paulo precisou fazer alterações em seu orçamento para o ano de 2016, o que inviabilizou a realização de um novo concurso SEFAZ SP.

Vendo a necessidade do órgão e sabendo da quantidade de pessoas na lista de cadastro reserva, a Procuradoria Geral do Estado de São Paulo (PGE - SP) autorizou que o certame tivesse o seu prazo de validade prorrogado para que mais pessoas pudessem ser chamadas.

Como o último concurso SEFAZ foi realizado há sete anos, mesmo com a intervenção da PGE - SP, o déficit foi aumentando. O levantamento mais recente indica a necessidade de 2.562 novos servidores, sendo 1.148 somente para Técnico de Fazenda Estadual. Outros cargos como o de Agente Fiscal de Renda também tem um grande déficit: 724.

Lei impede novos concursos

Apesar da urgência de um novo concurso, o governador João Dória publicou o Decreto Estadual n° 64.937/2020 que suspende a abertura de novos certames em São Paulo e também reajuste salariais para servidores durante o estado de calamidade provocado pelo novo coronavírus. Novos concursos estão proibidos até 2021 e só podem ser feitos se o decreto perder validade ou com autorização especial da administração pública.

Último concurso SEFAZ SP

O último concurso SEFAZ SP foi realizado no ano de 2013 e ofereceu 257 vagas para o cargo de Analista em Planejamento, Orçamento e Finanças Públicas - APOFP. O salário era de R$ 5.800,00, mais benefícios.

A taxa de inscrição foi de R$ 80,00 e a organização do certame foi da Fundação Vunesp. Os candidatos passaram por uma prova objetiva, prova de títulos e um Curso Específico de Formação.

A primeira etapa (prova objetiva) ocorreu no dia 30 de junho de 2013 e foi realizada nos municípios de: Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Jundiaí, Marilia, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Jose do Rio Preto, São Paulo, Sorocaba e Taubaté.

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Comentários