Expandir Menu PrincipalPesquisarPor Estado

Concurso Senado 2012: novas nomeações

Mais 38 aprovados em concurso público promovido em março pelo Senado tomaram posse na terça-feira (28/08)

Publicado em 28/08/2012 - 13h32 • Comunicar erro

Tomaram posse na manhã desta terça-feira (28) mais 39 candidatos aprovados no concurso público realizado pelo Senado no primeiro semestre.  Eles assumem os cargos de analista legislativo e consultor legislativo em 11 áreas diferentes. Todos os aprovados para os cargos de técnico legislativo já foram empossados em solenidades anteriores, com exceção dos policiais legislativos, cujo resultado ainda não foi homologado.

Essa é a quinta cerimônia realizada pela Casa para receber os novos servidores. Em todas elas, têm sido destacadas as vantagens do encontro de gerações. Ao dar as boas vindas, a diretora-geral do Senado, Doris Peixoto, disse contar com a ajuda dos colegas para continuar prestando um serviço público focado na qualidade e excelência e os estimulou a "fazer a diferença". A diretora também falou sobre a importância da boa política e do Senado para a sociedade e ressaltou os benefícios da renovação.

- Vocês irão colaborar com novas perspectivas, novas formas de agir e novos olhares sobre as nossas "velhas" questões. E nós iremos mostrar a nossa cultura, os nossos costumes e a nossa expertise. Essa é a simbiose que buscamos - disse.

Após assinar os termos de posse, os servidores foram cumprimentados pelos diretores ou representantes das unidades onde serão lotados, em um gesto simbólico de receptividade e harmonia entre antigos e novatos.

A posse de servidores concursados passou a ser realizada em eventos solenes em 2012 e se soma ao Programa de Integração. Uma vez empossados, os servidores participam de visitação pelas dependências do Senado e de um curso sobre a instituição. O objetivo é integrá-los à cultura organizacional e proporcionar a eles os conhecimentos básicos para o desempenho de suas atividades.

Já foram preenchidas 171 das 246 vagas estabelecidas pelo edital. De acordo com a Secretaria de Recursos Humanos, devem ser realizadas, pelo menos, mais duas solenidades para receber todos os aprovados.  A próxima está prevista para o dia 4 de setembro.  Com informações da Agência Senado.

*** Notícia anterior (23/08/2012) ***

Tomaram posse na manhã da quinta-feira (23/08) 48 novos servidores do Senado aprovados em concurso público. Ao abrir a cerimônia, realizada na Secretaria de Recursos Humanos, a diretora-geral do Senado, Doris Peixoto, disse que os novos servidores vão contribuir para o processo de transformação e modernização da Casa, já em andamento.

A diretora-geral ressaltou a importância do Senado para consolidar a democracia brasileira e disse esperar que os novos servidores contribuam com sua experiência para o aprimoramento do Legislativo federal.

- Que os novos servidores contribuam com o melhor que trazem, pois fortalecer o Senado é fortalecer a democracia - disse a diretora-geral, ao ressaltar a excelência dos profissionais empossados, cujos currículos a deixaram "encantada".

A posse foi assistida por diretores e antigos servidores do Senado e por familiares dos empossados (informação da Agência Senado).

*** Notícia anterior (08/08/2012) ***

As nomeações dos aprovados no concurso para 246 vagas no Senado estão previstas para este semestre, segundo o diretor da Subsecretaria de Treinamento do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), Davi Anjos Paiva. Ele é gestor do contrato com a Fundação Getulio Vargas (FGV), responsável pela aplicação das provas de seleção.

Com cerca de 800 aposentadorias desde 2008, ano do último concurso, o Senado está repondo parcialmente as vagas. Segundo Paiva, mais 374 servidores estão aptos a se aposentar este ano e 86, em 2013. Essa reposição, disse, está focada na área legislativa, como a Secretaria-Geral da Mesa, que vai preencher 75 vagas (50 analistas legislativos e 25 técnicos).

O primeiro resultado foi a homologação em 3 de julho da aprovação dos candidatos para 79 vagas de técnico legislativo (18 deles tomaram posse em 31 de julho). O resultado da seleção para as 25 vagas da Polícia do Senado será homologado em 29 de agosto. Esses candidatos passam por provas de aptidão física, avaliação psicológica e investigação sociodocumental. E falta a última etapa, o curso de formação, entre 6 e 17 de agosto.

Foi publicado no fim de julho o resultado com 1.189 candidatos aprovados para analista e 202 para consultor. São 142 vagas a serem preenchidas ainda neste ano. As cerca de 80 ações na Justiça que contestam o gabarito não devem atrapalhar o cronograma. A única denúncia que gerou uma ação civil pública, envolvendo questão repetida de outro concurso, teve o pedido de liminar negado pela Justiça em maio, segundo Paiva.

- A ação continua tramitando, mas não há jurisprudência - disse o diretor.

Todos os outros problemas, esclareceu, foram resolvidos ao longo da seleção. O concurso - aplicado em todas as capitais - não exigiu recursos do Senado. Contrato de risco com a FGV custeou tudo com as inscrições.

Outro ponto importante, disse Paiva, foi a transparência:

- Nunca uma comissão de concurso da Casa divulgou tantas notas e prestou tantos esclarecimentos à opinião pública.

Todos os candidatos que protocolaram pedidos de esclarecimento foram atendidos. As informações são do Jornal do Senado.

Sobre o último concurso

No total, 157.939 candidatos disputaram as 246 vagas oferecidas no concurso, o que deu uma média de 642,02 candidatos por vaga. Do total de candidatos, 63.194 se inscreveram para os cargos de analista legislativo e 62.703 para os cargos de técnico legislativo. Os cargos de consultor e de policial legislativo registraram, respectivamente, 8.607 e 23.435 inscrições.

A área de processo legislativo é a que tem o maior número de inscritos, cerca de 29 mil para o cargo de técnico e de 23 mil para o cargo de analista. Em seguida, aparece a área de administração. Os cargos que registraram menor número de inscritos foram o de consultor legislativo na área de Economia do Trabalho, Renda e Previdência e de analista legislativo na área de Medicina, especialidade Pneumologia (com informações da Agência Senado).