TJMS convoca candidatos para prova prática neste domingo (23)

Foram convocados os aprovados nas provas escritas realizadas no dia 26 de agosto .

Foi publicado no Diário da Justiça da última terça-feira (18), o Edital nº 10 do VI Concurso de Servidores do TJMS. No edital, a Banca Examinadora convoca os candidatos concorrentes ao cargo de Analista Judiciário - área fim e área meio - para prestar prova prática no domingo, dia 23 de setembro. Foram convocados os aprovados nas provas escritas realizadas no dia 26 de agosto e constantes da listagem que compõe o Anexo I - observados os horários e local informados no Anexo II, observado o quantitativo de candidatos - por Microrregião, previsto no Edital nº 01, de 13 de julho de 2012.

A prova prática terá caráter eliminatório e o candidato deverá apresentar-se no local da avaliação com antecedência mínima de 30 minutos do horário estabelecido para seu início, devendo apresentar documento oficial de identidade.

Durante a realização da prova prática, o candidato somente poderá circular pelo local de prova acompanhado pelo Aplicador ou de seu auxiliar, não podendo retirar-se, sob pena de ser eliminado do Concurso. Não será permitida, sob nenhuma hipótese, a interferência ou a participação de terceiros durante a realização da prova.

Critérios - A prova prática de digitação exigirá do candidato conhecimentos sobre o sistema operacional "Microsoft Windows", e consistirá na reprodução fiel de um texto fornecido no ato da prova, utilizando o aplicativo "Microsoft Word 2003 ou Superior".

Será eliminado do certame o candidato que não obtiver, no mínimo, 30% de aproveitamento no cômputo geral da avaliação da prova prática. A prova terá duração de 25 minutos para cada candidato, sendo 5 minutos para as informações preliminares, 10 minutos destinados à digitação de texto impresso - com aproximadamente 1200 caracteres, e os 10 minutos restantes para gravação e impressão do documento.

A prova será avaliada quanto à produção e aos erros. Os erros de digitação serão observados palavra a palavra, comparando-se com o texto original, considerando-se erro de digitação toda e qualquer divergência com o texto original. Serão computadas apenas as palavras digitadas corretamente, de acordo com o texto proposto. Os caracteres omitidos ou não digitados serão deduzidos do total da pontuação do candidato.

Para cômputo do percentual mínimo de 30% do total de 1.200 caracteres, o candidato deverá digitar, no mínimo, 360 caracteres, após deduzidos os caracteres omitidos ou incorretos.

Os candidatos realizarão as provas em Campo Grande, Dourados, Corumbá, Aquidauana, Coxim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas.

O certame terá validade por dois anos, a contar da data da publicação oficial da homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul.

Os aprovados serão nomeados, atendido o interesse da Administração, a partir da homologação e dentro do prazo de validade do concurso, observada a rigorosa ordem de classificação obtida pelos candidatos.

Fonte: FADEMS

Compartilhe

Comentários