Governo da Bahia lança editais para 2,2 mil vagas

Governo baiano publicou três editais, com oferta de vagas para a Seplan, SSP e Sema. Somente para a Polícia Militar são 2 mil vagas

O Governo do Estado publicou no Diário Oficial de quarta-feira (03/10), os editais de três dos quatro novos concursos públicos em curso na administração estadual. A oferta total será de 2.809 vagas para o serviço público do Estado. Os concursos preencherão vagas para as secretarias do Meio Ambiente (Sema), do Planejamento (Seplan) e Segurança Pública (SSP) - para as polícias Militar e Civil do Estado da Bahia.

Os três primeiros editais trazem a oferta de 2.209 vagas, sendo que destas, duas mil são para soldado e bombeiro da PM; 179 para os cargos de Especialista e Técnico em Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Sema e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema); e 30 vagas para o cargo de Especialista em Produção de Informações Econômicas, Sociais e Geoambientais, da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), órgão vinculado à Secretaria Estadual do Planejamento (Seplan). As demais 600 vagas que compõem a oferta total anunciada são para cargos da Polícia Civil, cujo concurso está em fase de contratação de empresa para sua execução. A previsão é que o edital seja divulgado até o final deste ano.

O concurso da Polícia Militar será executado pela Fundação Carlos Chagas (FCC). O concurso da Sema/Inema conta com 139 vagas de nível superior e 40 para nível médio. Os aprovados irão atuar junto à Secretaria do Meio Ambiente e ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), autarquia ligada à Sema, que cuida da execução de ações e programas relacionados à Política Estadual de Meio Ambiente e de Proteção, à Política Estadual de Recursos Hídricos, à Política Estadual sobre Mudança do Clima e à Política Estadual de Educação Ambiental. O certame da Sema será realizado pelo Cespe/UnB.

Polícia Civil vai oferecer 600 vagas

Já as 30 vagas do concurso da Seplan são para o cargo de Especialista em Produção de Informações Econômicas, Sociais e Geoambientais e todas de nível superior. Os candidatos aprovados irão atuar junto à Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), que é o órgão responsável por elaborar estudos e projetos, base de dados e informações estatísticas e geográficas do Estado, visando à formulação e avaliação de políticas públicas, planos e programas de desenvolvimento. O certame está a cargo do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB).

O concurso da Polícia Civil, que está em fase de contratação de empresa, ofertará o total de 600 vagas, distribuídas entre os cargos de delegado (100), investigador (400) e escrivão de polícia (100).

Estado já contratou mais de 27,6 mil novos servidores

Desde 2007, a atual gestão já contratou, via concurso público, um total de 26.730 servidores públicos, com prioridade para as áreas diretamente voltadas para o desenvolvimento das políticas públicas de saúde, segurança e educação. "É um processo focado na renovação e qualificação do serviço público baiano, com ênfase nas áreas finalísticas de atuação do Estado", avaliou o secretário da Administração, Manoel Vitório.

A área de segurança, que registrou um total de 10.391 novos servidores, corresponde a 38,87% das contratações. Com isso, a atual gestão está promovendo a recomposição do efetivo policial para ampliar as ações de segurança pública, sobretudo por intermédio do programa Pacto pela Vida. Foram 8.234 novos soldados para a Polícia Militar, que ao todo registrou o ingresso de 9.049 policiais. A esses números, somam-se 1.342 novos policiais civis.

Edição com informações da Secom Bahia

Compartilhe