Concursos BA: PLOA Bahia 2021 prevê mais de 3 mil vagas

O orçamento para concursos BA 2021 foi definido e prevê mais de 3 mil vagas em várias áreas e órgãos, especialmente na educação para Universidades estaduais.

Concursos BA: a imagem mostra visão aérea de parte do Elevador Lacerda em Salvador com o fundo da cidade se encontrando com a praia

Outros projetos também foram apresentados na ocasião. - Foto: Pixabay

O Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) Bahia 2021 foi publicado e prevê a realização de vários processos seletivos e concursos BA. O orçamento é de R$ 27.003.243 para mais de 3 mil vagas imediatas. O texto foi apresentado pelo secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) nesta terça-feira (13).

Entre as sugestões do PLOA 2021, estão os concursos BA na área da educação, voltados para as universidades:

  • Universidade do Estado da Bahia: orçamento de R$ 5.637.243;
  • Universidade Estadual de Feira de Santana: orçamento de R$ 60.000; e
  • Universidade Estadual de Santa Cruz: orçamento de R$ 100.000 dedicado exclusivamente a processo seletivo.

Outras previsões para os concursos BA são de R$ 610 mil destinados ao Tribunal de Contas do Estado, R$ 1 milhão para o Tribunal de Justiça, R$ 100 mil para o Ministério Público Estadual e mais R$ 100 mil para a Defensoria Pública do Estado. O documento também conta com admissões de certames já realizados, somando ao todo 3679 vagas previstas.

Outros projetos apresentados

Além desse instrumento que calcula as despesas do estado para o próximo ano, Pinheiro também entregou a estrutura do Projeto de Lei (PL) 23.994/2020, que trata da revisão do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023. Outro projeto foi o PL 23.886/2020, que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2021.

O novo PPA é uma reformulação do que já havia sido aprovado em outubro de 2019 pelo Legislativo do estado. O secretário explicou que o documento precisou passar por adaptações por causa da pandemia de coronavírus que se instalou em todo o país.

Nos cálculos para todos os projetos, ele explicou que houve uma grande tentativa em não reduzir o orçamento de áreas essenciais como saúde, educação e segurança pública. Depois dessas, os maiores gastos são com a Previdência Social.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Comentários