Autorizado concurso para gestor e analista no Piauí

Governador do Estado autoriza concurso para gestor e analista de planejamento, com 58 vagas.

O governador Wilson Martins sancionou a Lei 6.299, que dispõe sobre a criação dos cargos de provimento efetivo de Gestor Público e Analista do Planejamento e Orçamento no âmbito da administração pública do Estado do Piauí. As 58 vagas abertas serão preenchidas por meio de concurso público, devendo os aprovados serem encaminhados para as Secretarias Estaduais da Administração e do Planejamento.

Para o governador Wilson Martins, a realização de concursos públicos é uma das metas deste Governo, que vem priorizando o preenchimento de cargos públicos por meio da meritocracia. “Além disso, também damos condições técnicas para que os órgãos estaduais possam desenvolver um trabalho mais eficiente junto aos cidadãos”, ressalta.

Para a Secretaria da Administração (Sead) foram destinadas 38 vagas, sendo 30 para o cargo de Gestor Público, 2 para Arquiteto, 4 para Engenheiro Civil e 2 para Engenheiro Eletricista. Enquanto para a Secretaria do Planejamento (Seplan) foram reservadas 20 vagas para o cargo de Analista de Planejamento e Orçamento. Este último realizará atividades de nível superior de complexidades e responsabilidades elevadas, compreendendo o exercício das funções de direção, supervisão, execução e controle das políticas públicas, dentre outras funções.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado do dia 7 de janeiro do corrente ano.

Com informações do portal do Governo do Piauí.

***

Notícia anterior (15/09/2012: Concursos no Piauí foram adiados para 2013

Governo resolve adiar realização de concursos para 2013. Entre os mais aguardados, estão o da Sefaz, com previsão de 100 vagas.

O secretário estadual de Fazenda, Silvano Alencar, anunciou no dia 13 de setembro de 2012 que todos os concursos que estavam previstos pelo Governo do Estado para serem realizados ainda este ano foram adiados para o exercício de 2013. Segundo o gestor, a medida ocorreu "apenas por uma política de Estado".

Notícia relacionada: Concursos no Piauí para 2012 somam mais de 6 mil vagas


"Todos os concursos foram adiados para o próximo ano. Não está havendo nenhum problema no Governo, é apenas uma questão de política de Estado", explicou o secretário.

Entre os concursos mais esperados para acontecer ainda este ano estava o da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz), que foi anunciado o lançamento de edital com 100 vagas, sendo 50 para analista do tesouro estadual e 50 para auditor fiscal. Silvano Alencar informou que foi inserido no orçamento de 2013 os recursos necessários para contratação de novos servidores para a Fazenda, porém não garantiu se o edital sairá no primeiro ou segundo semestre. "Isso vai depender da situação do Estado no próximo ano, mas não temos como garantir agora quando vaiser lançado", assegurou.

O secretário admitiu que há um déficit de servidores na pasta, mas esclareceu que não é uma baixa a ponto de causar "uma sangria na arrecadação e nas finanças do Estado".

As informações são do Portal Piauiense de Notícias

Compartilhe