Concursos no Estado do Paraná preencheram 23,7 mil vagas

Em balanço divulgado pelo governo, nos dois últimos anos o volume de ingresso no funcionalismo público paranaense foi mais expressivo do que em décadas.

O Governo do Paraná contratou 23.700 servidores por concurso público nos últimos dois anos. O volume de ingresso de novos funcionários efetivos no quadro do Estado é o mais expressivo em décadas e atende áreas prioritárias da atual gestão, como educação, segurança e saúde. “Mesmo com um impacto grande no orçamento, não deixamos de fazer as contratações necessárias para recompor a estrutura das áreas mais importantes para a população”, diz o governador Beto Richa. 

Magistério e educação básica - O quadro próprio do magistério foi o que mais cresceu, com o ingresso de 12.678 profissionais entre 2011 e março de 2013. “É um compromisso que assumimos com os professores do Estado e que está sendo absolutamente cumprido”, afirma Richa. O segundo quadro que mais cresceu foi o de funcionários da educação básica (setor administrativo), com 4.496 contratações. 

Por outro lado, os professores e pedagogos tiveram aumento de quase 35% nos últimos dois anos. Além disso, o vice-governador e secretário de Estado da Educação, Flávio Arns, sancionou a lei que melhora o Plano de Cargos e Carreiras dos Funcionários da Educação Básica do Paraná. 

Segurança Pública - O Governo do Estado também está fazendo a maior contratação de agentes de segurança pública da história do Paraná. Em dois anos, foram incorporados 4.267 policiais civis, militares, bombeiros e peritos oficiais. 

Também houve implantação da tabela salarial para as carreiras policiais, que passaram a ter remuneração por subsídio, conforme reivindicado por todas as categorias. O governo paranaense assegura que o Estado se tornou referência, com uma das melhores médias salariais pagas às polícias do País, atrás apenas do Distrito Federal, cuja remuneração tem apoio da União. O salário inicial do soldado no Paraná é de R$ 3.225,99, quase R$ 1.200,00 a mais que em São Paulo. 

Outras áreas - No Quadro Próprio do Poder Executivo, que inclui servidores de todas as áreas, entre elas saúde e justiça, ingressaram 1.826 servidores. Somente na saúde foram cerca de 1.300 médicos, farmacêuticos, enfermeiros, técnicos, auxiliares e administrativos.

 Com a sanção, os 19 mil funcionários concursados têm direito a promoções na carreira, com consequentes melhorias salariais. A medida beneficia diretamente as equipes de apoio das escolas, como merendeiras, serviços gerais e administrativo. O Governo do Estado também implantou promoções e progressões para funcionários da saúde e demais órgãos. 

NOVOS CONCURSOS - Na semana passada, foi realizado concurso para mais 13.771 professores e pedagogos. Participaram cerca de 94 mil pessoas. O Governo do Estado também fez concurso para 423 vagas de agente penitenciário. Ao todo, 35.936 mil candidatos fizeram as provas. O concurso para 5.664 novos policiais (militares e civis) teve 124 mil inscritos. 

Também foi autorizada a abertura de concurso público para a contratação de 700 profissionais para o Instituto Paranaense de Assistência Técnica (Emater) e outros 546 para a Agência de Defesa Agropecuária (Adapar). 

Edição com informações da Agência Paraná de Notícias

Compartilhe

Comentários