Concursos PF e PRF: sem aval, Bolsonaro volta a confirmar os certames

Os concursos PF e PRF voltaram a ser confirmados pelo presidente Jair Bolsonaro. No entanto, as autorizações ainda não foram devidamente publicadas no DOU.

Bolsonaro volta a confirmar os concursos PF e PRF: enquadramento em Jair Bolsonaro

Em agosto de 2020, o presidente Jair Bolsonaro já havia comentado sobre os novos concursos PF e PRF. - Foto: Wikimedia Commons

O Ministério da Economia ainda não liberou o aval para os concursos PF e PRF. Inclusive, a autorização para a Polícia Federal estava prevista para sair nesta sexta-feira, dia 04 de dezembro de 2020. O presidente Jair Bolsonaro, mesmo assim, voltou a confirmar a realização de ambos os certames. Além do mais, o chefe do Executivo também destacou que as duas corporações terão o total de 4.000 efetivas (2.000 para cada uma).

“Não é por causa disso apenas. É por outras questões que o governo federal autorizou, os editais estão prontos já. No ano que vem, abriremos vagas para 2.000 policiais federais e 2.000 policiais rodoviários federais. Isso é investimento porque, só no que se aprende em bens e valores, dá para pagar várias folhas da PF. Em especial, de maio para cá, a PF tem feito um trabalho cada vez mais profícuo”, mencionou Bolsonaro em transmissão ao vivo da última quinta-feira (03/12).

Detalhes sobre os concursos PF e PRF

Em agosto de 2020, o presidente Jair Bolsonaro já havia comentado sobre os novos concursos PF e PRF. Ele estava acompanhado do diretor-executivo da Polícia Federal, Rolando Alexandre de Souza, quando confirmou a realização dos certames.

“Nós conversamos com o ministro André (Mendonça) da Justiça, conversamos com Paulo Guedes e foram autorizadas, então, a abertura de concurso PF para 2.000 policiais federais. Com toda certeza, a Polícia Rodoviária Federal [PRF] também vai ter concurso em breve, de modo que seus quadros permaneçam cumprindo com seu dever no controle e prevenção nas estradas”, o presidente afirmou na época.

A aval para o certame da PF estava prevista para ser publicada nesta sexta-feira (04/12). No entanto, a autorização não foi publicada no Diário Oficial da União. Circulam boatos de que a demora possa estar associada com o quantitativo de vagas. De qualquer maneira, as oportunidades efetivas deverão ser distribuídas para os seguintes cargos:

  • Agente da Polícia Federal;
  • Escrivão da Polícia Federal;
  • Delegado da Polícia Federal;
  • Papiloscopista.

Quanto ao concurso PRF, as vagas poderão ser preenchidas para os cargos de Agente Administrativo e Policial Rodoviário Federal. Os ganhos vão variar entre R$ 4.022,77 a R$ 10.357,88, dependendo da carreira desejada pelo profissional.

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »