UnB abrirá concurso para selecionar 689 novos servidores

Até o final deste ano, está previsto o provimento de 210 postos de nível médio e superior.

O Ministério da Educação (MEC) anunciou a liberação de 689 vagas para cargos de nível médio e superior na Universidade de Brasília, Distrito Federal. A previsão é de que, até o final deste ano, 210 vagas já sejam disponibilizadas por meio de concurso público.

O anúncio foi feito em reunião (05/04/2013) com objetivo de regularizar a situação do quadro de funcionários da universidade, com presença do reitor Ivan Camargo, de representantes do MEC, do Ministério do Planejamento e Orçamento (MPOG) e com procuradores federais e do Trabalho. Na ocasião, o reitor garantiu a publicação do edital do concurso no menor prazo possível após a liberação das vagas.

As oportunidades serão distribuídas ao longo de três anos. Presente na audiência, a procuradora do Trabalho Ludmila Lopes reforçou que a universidade deve contratar apenas por concurso público, conforme dispõe a Constituição Federal, e pediu a substituição de colaboradores contratados de forma irregular. "A sociedade espera que a UnB regularize tal situação nos termos acordados".

Após anúncio da decisão em reunião do Conselho Universitário no dia 12/04, Ivan Camargo afirmou estar satisfeito com o acordo. "Nós consideramos esse acordo muito positivo, já que conseguimos colocar MEC e MPOG, que são os órgãos que gerenciam essas vagas, na mesa de negociação", explicou. O reitor também considerou "razoável" o prazo de três anos para efetivar o processo. "Essa também será uma oportunidade para nossos colaboradores prestarem esse concurso", completou.

Confira o acordo judicial firmado com o Ministério Público do Trabalho em 2008.

Da UnB Agência

Compartilhe