Eletrobras será privatizada em 2021, afirma presidente da empresa

Wilson Ferreira acredita que venda poderá ser benéfica para o equilíbrio das contas públicas.

Segundo o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior, a empresa será privatizada no ano de 2021, mais precisamente no segundo semestre. Para isso, o governo conta com um projeto de lei que autorizaria a venda e que seria aprovado pelo Congresso em 2020.

A Eletrobras foi avaliada em cerca de R$ 16 bilhões pelo governo federal. Porém, ainda haverá uma outra avaliação para poder definir o preço das ações.

A venda da empresa foi defendida por Wilson Ferreira como forma de se equilibrar as contas públicas e amenizar os feitos provocados pela pandemia do novo coronavírus. De acordo com ele, investidores estrangeiros estariam interessados em investir dinheiro na Eletrobras.

Outro ponto destacado pelo presidente da empresa foi a usina nuclear de Angra 3. Com as obras paralisadas em 60% há cerca de cinco anos, são necessários mais R$ 15 bilhões para poder entregar a usina pronta.

PL pode barrar venda

Apesar da fala do presidente abrir expectativas para a privatização da Eletrobras no ano de 2021, é preciso ressaltar que a ideia poderia ser barrada por conta de um Projeto de Lei tramitando na Câmara dos Deputados.

O PL n° 2.715/2020 prevê, entre outras coisas, que nenhuma privatização poderá ser feita até um ano após o fim da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Levando em consideração que o Brasil ainda não atingiu o pico da doença e que para se estabilizar ainda levará alguns meses, se o projeto for aprovado, a privatização só deverá ocorrer por volta do ano de 2022. Não ficou claro se a fala do presidente da Eletrobras levaria em conta o novo projeto.

Um pouco mais sobre a Eletrobras

Apesar de ser conhecida como Eletrobras, a razão social da empresa é Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Por ser uma sociedade de economia mista, o governo federal mantém o controle da empresa sendo o acionista majoritário. Fundada em 11 de junho de 1962, com sede na cidade do Rio de Janeiro, a Eletrobras foi criada com o intuito de coordenar as empresas que atuam no setor elétrico do país.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »