Feira do Trabalho de São Paulo oferece mais de 5 mil vagas de emprego

A segunda edição da Feira do Trabalho, que acontece no Vale do Anhangabaú de 14 a 25 de maio, reunirá mais de 5 mil oportunidades de trabalho.

A segunda edição da Feira do Trabalho, que acontece no Vale do Anhangabaú de 14 a 25 de maio, reunirá mais de 5 mil oportunidades de trabalho, ofertadas pelo Centro de Apoio ao Trabalho (CAT), da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho (Semdet). O evento é organizado pela Semdet em parceria com órgãos públicos e empresas privadas como Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Governo do Estado de São Paulo, por meio do Poupatempo. Na próxima semana, as unidades fixas do CAT também terão as mesmas oportunidades ofertadas na Feira.

Das mais de 5 mil vagas, pelo menos mil serão trabalhadas diretamente pelos empregadores durante o evento. "São parceiros do CAT que realizam seus processos seletivos em nossos postos e que, nessa edição da Feira, promoverão a seleção conosco em seus estandes", explica o coordenador do Trabalho, da Semdet, Fernando Cerqueira. Segundo ele, empresas como Grupo Pão de Açúcar, McDonalds, Tejofran, Teleperfomance, entre outras, buscarão candidatos para preencher centenas de vagas efetivas em seus quadros.

 O Grupo Pão de Açúcar, por exemplo, realizará seleção para preencher mais de 250 vagas em funções como balconista de drogaria, frentista, farmacêutico, operador de caixa e operador de supermercados - estes últimos atuarão nas seguintes áreas dentro da loja: mercearia, bazar, têxtil, açougue, peixaria, padaria, frutas, legumes e verduras. Os interessados, principalmente na área de operação de supermercado, não precisam de experiência anterior. A exigência é ter escolaridade a partir do ensino fundamental completo e as remunerações chegam a R$ 870.

A rede de lanchonetes McDonalds também é uma das parceiras do CAT que participará da Feira e selecionará cerca de 50 atendentes de lanchonete no local. O interessado deverá possuir, no mínimo, o ensino médio incompleto. O salário médio é de R$ 3/hora.

Já aqueles que pretendem conseguir uma colocação nas áreas de limpeza, portaria ou vigilância, poderão participar dos processos que acontecerão durante a Feira com duas empresas líderes de mercado no segmento, a Tejofran e a Speed Gold, que terão mais de 200 vagas. Os empregadores buscam porteiros, auxiliares de limpeza, limpadores de vidros, jardineiros, operadores de balancim (equipamento usado para elevar os limpadores de vidro por fora dos prédios para efetuarem a limpeza), vigilantes, zeladores, porteiros manobristas, auxiliares de manutenção e encarregados de limpeza. A exigência é o ensino fundamental incompleto.

Na área de telemarketing, empregadores como Teleperformance, TMKT e Uranet também vão selecionar operadores. A exigência é ter a partir do ensino médio completo. A Sodexo, líder mundial em soluções para qualidade de vida e a empresa de Recursos Humanos Zafer, também participarão do evento.

Além dos processos para essas empresas, os atendentes do CAT também cadastrarão trabalhadores para outras áreas durante a Feira e caso identifiquem alguma vaga no perfil do candidato, já poderá encaminhá-lo para processo diretamente na empresa.

Para se cadastrar ou participar dos processos, os interessados deverão comparecer ao evento munidos de CPF, RG, Carteira de Trabalho e nº do PIS (caso o trabalhador não tenha esse número, ele será gerado automaticamente no atendimento).

Compartilhe