Enem 2020: confira o que levar no dia da prova!

Exame Nacional do Ensino Médio de 2020 (Enem 2020) ocorre nos dias 17 e 24 de janeiro. O uso de máscara é obrigatório. Confira o que levar no dia da prova.

Enem 2020: enquadramento em mão escrevendo em caderno

Próximo domingo será o primeiro dia de provas do Enem 2020 - Foto: Felipe Barros/ExLibris/PMI

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) se tornou o principal meio de ingressar em universidades públicas por todo o Brasil. As provas presenciais do Enem 2020 ocorrem nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021.

O uso de máscara é obrigatório para evitar a proliferação do novo coronavírus. Além disso, é preciso conferir o que pode ser levado nos dias das provas. Continue acompanhando a matéria e saiba todos os detalhes.

Enem 2020: o que levar no dia da prova?

Para participar do Enem 2020 é obrigatório levar documento oficial de identificação com foto, caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente e máscara de proteção facial. Sem esses itens não será possível fazer a prova.

Itens recomendados que o participante leve:

  • Álcool em gel;
  • Cartão de Confirmação de Inscrição;
  • Declaração de Comparecimento impressa.

Itens que são proibidos de portar (fora do envelope porta-objetos fornecido pelo aplicador):

  • Declaração de Comparecimento impressa;
  • Óculos escuros e artigos de chapelaria, como boné, chapéu, viseira, gorro ou similares;
  • Caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos;
  • Livros, manuais, impressos, anotações;
  • Protetor auricular;
  • Relógio de qualquer tipo;
  • Quaisquer dispositivos eletrônicos, como telefones celulares, smartphones, tablets e etc;
  • Alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico;
  • Fones de ouvido e/ou qualquer transmissor, gravador e/ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens;
  • Quaisquer outros materiais estranhos à realização da prova.

Sobre o Enem 2020

Os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira apontam que 5,68 milhões de estudantes se cadastraram para fazer a prova impressa. Outros 96 mil se cadastraram para a versão digital, que ocorrerá pela primeira vez.

Segundo o Inep, o total representa um aumento de 13,5% em relação ao ano passado.

Além da alteração das datas iniciais, o Enem 2020 conta com outras mudanças, como adaptações e medidas de combate à COVID-19. Por exemplo, o uso de máscaras será obrigatório durante toda a aplicação do exame.

O Exame Nacional do Ensino Médio que, geralmente, ocorre no mês de novembro, precisou ser adiado por causa da pandemia de coronavírus. Ainda tendo em vista o estado de calamidade pública instaurado no país, quem não puder fazer a avaliação por causa do isolamento social terá nova chance.

Os participantes que estiverem com COVID-19 (ou sintomas) ou outras doenças infectocontagiosas nos dias de realização da prova poderão participar da reaplicação das provas, que vai acontecer nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2021.

Márcia Andréia
Redatora
Jornalista no Portal Concursos no Brasil, estudou Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduanda em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Dom Alberto.
Atuou na produção da Record Bahia, na assessoria de comunicação da Prefeitura de Correntina - BA, na redação do Jornal do Sudoeste, dentre outras atividades na área de propaganda.

Compartilhe

Comentários

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »