Inscrições Enem 2021 começam dia 30 de junho; provas em novembro; VEJA

Inep divulgou edital do Enem 2021. As inscrições serão recebidas entre 30 de junho e 17 de julho, enquanto as provas estão previstas para 21 e 28 de novembro.

Inscrições Enem 2021: enquadramento em mão perto de celular. No aparelho, é possível ver ícone do Enem

Diferente do último Enem, as versões impressas e digitais de 2021 vão ser aplicadas nas mesmos dias. - Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Pelo Diário Oficial da União, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou o edital com as datas do Enem 2021. As inscrições poderão ser feitas entre os dias 30 de junho e 14 de julho deste ano. 

Diferente do último Enem, as versões impressas e digitais de 2021 vão ser aplicadas nas mesmos dias: 21 e 28 de novembro. As perguntas também serão iguais, no sentido de agilizar o planejamento do caderno de questões. 

Os interessados devem escolher, no ato das inscrições, se pretendem fazer a versão tradicional do Enem 2021 ou a digital. Vale reforçar que essa última opção será aplicada nos locais de prova, já que não existe a possibilidade de responder as perguntas em casa. 

Ao todo, vão ser disponibilizadas cerca de 101,1 mil vagas no Enem Digital 2021. Essa versão terá mudanças para candidatos com deficiência. As provas digitais para PcDs serão superampliadas. Já o caderno de perguntas para pessoas com baixa visão, por sua vez, terá contraste adaptado.  

“Conforme eu já havia anunciado dias atrás, o Enem 2021 acontecerá e será aplicado neste ano. As provas serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, para as versões impressa e digital. É isso mesmo! A mesma prova, nas mesmas datas, para as duas modalidades”, disse o ministro da Educação, Milton Ribeiro, em seu perfil no Twitter.

Enem 2021: calendário

Os pedidos para isenções das taxas ocorreram antes mesmo do prazo previsto para as inscrições no Enem 2021. Aqueles que conseguirem se isentar do pagamento, dessa maneira, ainda terão que fazer os cadastros no período definido pelo Inep.

Acompanhe, abaixo, o calendário com as principais datas sobre o Enem 2021:

  • Justificativa de ausência no Enem 2020 e solicitação de isenção da taxa de inscrição para o Enem 2021: de 17 a 28 de maio de 2021 (encerrado);
  • Resultado da justificativa de ausência e solicitação de isenção da taxa de inscrição para o Enem 2021: a partir do dia 09 de junho de 2021;
  • Recurso da justificativa de ausência e solicitação de isenção da taxa de inscrição para o Enem 2021: de 14 a 18 de junho de 2021;
  • Resultado do recurso da justificativa de ausência e solicitação de isenção da taxa de inscrição para o Enem 2021: dia 25 de junho de 2021;
  • Inscrições no Enem 2021: do dia 30 de junho a 14 de julho de 2021, pela página do participante;
  • Pagamento da taxa de inscrição no Enem 2021: até 19 de julho de 2021;
  • Pedido para atendimento especializado no Enem 2021: entre 30 de junho e 14 de julho de 2021;
  • Pedido de tratamento pelo nome social: entre 19 e 23 de julho de 2021;
  • Aplicação das provas do Enem 2021 (impressa e digital): dias 21 e 28 de novembro de 2021;
  • Abertura dos portões nos dias das provas: a partir das 12h;
  • Fechamento dos portões no dias das provas: às 13h;
  • Início das provas em ambos dias: às 13h30;
  • Término das provas no 1º dia do Enem 2021 (21 de novembro): 19h;
  • Término das provas no 2º dia do Enem 2021 (28 de novembro): 18h30.

Edital completo (nº 28) está disponível no Diário Oficial da União (dia 1º de junho de 2021)!

Enem 2021: caderno de provas

Assim como ocorreu nos últimos anos, o Enem 2021 será aplicado em dois domingos. Confira o que vai cair nos dias das provas:

1º dia do Enem 2021 - 21 de novembro

  • 45 questões de Linguagens;
  • 45 questões de Ciências Humanas;
  • Redação.

2º dia do Enem 2021 - 28 de novembro (meia hora a menos)

  • 45 questões de Matemática;
  • 45 questões de Ciências da Natureza.

Enem 2021: controvérsias e expectativas

Vale lembrar que o Enem 2021 estava correndo o risco de sair adiado para janeiro do próximo ano. A preocupação com o futuro do exame começou após a publicação, no dia 11 de maio, de uma portaria que estabelecia as metas do Inep neste ano de 2021. Nela, não consta a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2021).

Inclusive, o presidente do Inep foi questionado sobre a controvérsia durante uma reunião com o Conselho Nacional de Educação (CNE). Danilo Dupas Ribeiro, na ocasião, disse que o calendário do Enem 2021 seria definido no mês de maio. Ele também informou que existia uma forte mobilização para que o exame fosse, de fato, aplicado ainda neste ano de 2021, mesmo com problemas orçamentários.

No dia 13 de maio, começou a circular um rumor de que as provas do Enem 2021 seriam aplicadas nos dias 16 e 24 de janeiro de 2021. Essa informação supostamente constava em documentos internos do Inep, mas o instituto negou o boato.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, tentou abafar o possível “vazamento” e afirmou que o Enem aconteceria em outubro ou novembro de 2021. E isso acabou se concretizando, já que o edital do Enem 2021 prevê provas nos dias 21 e 28 de novembro.

Em ofício encaminhado no dia 13 de maio de 2021, o ministro pediu que os recursos para aplicação do exame fossem liberados pela pasta da Economia. Parte desse orçamento, após remanejamento interno, foi desbloqueado para o Enem 2021 e, também, para os gastos associados com as universidades federais.

Enem 2021: prazo para solicitar isenção foi encerrado

No início de maio, o Ministério da Educação (MEC) divulgou os prazos para que os estudantes solicitassem a isenção da taxa no Enem 2021. Os pedidos foram aceitos entre os dias 17 e 28 de maio, especificamente por meio do portal do Inep. Dentro do mesmo período, aqueles que faltaram à última edição do Enem também puderam informar o motivo da ausência.

Para pedir isenção no Enem 2021, os estudantes deviam cumprir algum dos seguintes critérios:

  • Estar cursando a última série do nível médio em 2021 (escola da rede pública de ensino);
  • Ter cursado todo o nível médio em escola da rede pública ou ser bolsista integral em instituição privada de ensino. Também é necessário ter renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;
  • Ser membro de família com baixa renda, desde que a unidade familiar esteja inscrita no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico). Será necessário informar o Número de Identificação Social (NIS).

Edital completo está disponível no Diário Oficial da União (dia 03 de maio de 2021, edição 81, seção 3, página 70).

Sobre o SiSU em 2021

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é uma plataforma virtual que seleciona os estudantes para instituições públicas de nível superior. Com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os interessados podem garantir vagas em diversas universidades do país.

Cada estudante pode escolher até duas opções de cursos. Confira o calendário do SiSU 2021 (2º semestre):

  • Período para realizar as inscrições no SiSU: de 03 a 06 de agosto;
  • Resultado da chamada única: a partir do dia 10 de agosto;
  • Matrícula dos selecionados na chamada única: de 11 a 16 de agosto;
  • Período para manifestar interesse na lista de espera: de 10 a 16 de agosto;
  • Disponibilização da lista de espera para as faculdades participantes: dia 18 de agosto;
  • Período de convocação dos inscritos na lista de espera: a partir do dia 19 de agosto.
Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »