FGTS irá distribuir R$ 7,5 bilhões aos trabalhadores

Conselho Curador aprovou aumento no rendimento e decidiu que o FGTS irá distribuir R$ 7,5 bilhões aos trabalhadores.

Nesta terça-feira (11/08), ficou decidido pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) que o rendimento dos beneficiados será aumentado. Além disso, o FGTS irá distribuir R$ 7,5 bilhões aos trabalhadores.

De acordo com o que foi anunciado pelo Conselho Curador, os 7,5 bilhões correspondem a 66,2% dos R$ 11,3 bilhões de lucro que o FGTS teve no ano de 2019. Ainda de acordo com o Conselho, os trabalhadores irão receber o dinheiro até o dia 31 de agosto. No caso, será levado em conta o saldo que os beneficiários tinham ano passado, pois o dinheiro é referente justamente a 2019.

O que é o rendimento do FGTS

De acordo com a lei, o FGTS deve render 3% ao ano, sendo que o dinheiro deve ser alocado automaticamente nas contas dos trabalhadores. Ao aumentar provisoriamente o valor, o FGTS passou a render mais que a poupança (4,26%) e até a inflação (4,31%), ficando atrás somente de aplicações como a bolsa de valores ou o ouro, por exemplo.

Apesar do valor de 2019 ter sido maior que o mínimo determinado pela lei, se comparado com 2018, os números são menores. Naquele ano, foi autorizado que o FGTS distribuísse 100% dos lucros aos trabalhadores, tendo um rendimento de 6,18% no ano. Foram distribuídos R$ 12,2 bilhões, superando a inflação.

A mudança de 2018 para 2019 partiu do presidente Jair Bolsonaro que achou melhor vetar que o FGTS voltasse a distribuir 100% dos lucros de forma automática. Sendo assim, a decisão foi atribuída ao Conselho.

Veja o quanto você vai receber

Na tabela a seguir estão alguns valores para que você tenha noção de quanto irá receber:

Saldo do trabalhador no dia 31 de dezembro de 2019Lucro do FGTS (1,84% em relação ao saldo)Rendimento de 3% ao ano + Lucro do FGTS
R$ 1.000,00R$ 18,40R$ 48,40
R$ 5.000,00R$ 92,00R$ 242,00
R$ 10.000,00R$ 184,00R$ 484,00
R$ 20.000,00R$ 368,00R$ 968,00
R$ 50.000,00R$ 920,00R$ 2.420,00
R$ 100.000,00R$ 1.840,00R$ 4.840,00

Quando posso sacar o FGTS?

Apesar da distribuição dos lucros, o FGTS só pode ser sacado nas seguintes condições:

  • Quando o trabalhador é demitido sem justa causa;
  • Fim do contrato por prazo determinado;
  • Em caso de aposentadoria;
  • Se o trabalhador for comprar moradia própria.

Saque do FGTS emergencial

Ao mesmo tempo, vale ressaltar que por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus, o governo autorizou que todos os trabalhadores possam sacar até R$ 1.045,00 do FGTS de acordo com o calendário disponibilizado. Os pagamentos do FGTS emergencial estão sendo feitos pela Caixa Econômica Federal.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »