Funcionários da Caixa Econômica entram em greve nesta terça

A greve da Caixa deve durar 24 horas e demonstra a insatisfação do seus funcionários com as ações do governo sobre a instituição.

auxílio emergencial 2021: a imagem mostra fachada de agência da Caixa com carro estacionado na porta

Operações via internet serão mantidas. - Foto: Concursos no Brasil

Funcionários da Caixa Econômica Federal anunciaram uma greve com duração de 24 horas nesta terça-feira (27/04). A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Bancários, afirmando que esta é uma reação às interferências do Governo Federal na instituição financeira. A paralisação deve contar com os servidores das agências e também com aqueles que estão em trabalho remoto.

A suspensão dos serviços foi decidida em assembleia no Sindicato de São Paulo, Osasco e Região. Mas a entidade informou que a ação deve ser aderida em todo o território nacional. De acordo com a nota publicada, "a mobilização dos empregados junto ao movimento sindical foi motivada por uma série de ataques, tanto contra instituição financeira, como aos direitos históricos dos trabalhadores":

  • Posicionamento contra a abertura de capital (venda de ações) do Caixa Seguridade;
  • Pedido de contratação dos aprovados no concurso da Caixa de 2014;
  • Maior proteção dos servidores que trabalham em agências contra a COVID-19, incluindo-os como empregados da linha frente no grupo prioritário da vacina;
  • "Pelo pagamento integral da PLR Social, que foi surrupiada dos trabalhadores".

“Pedimos desculpas à população, no entanto, é melhor um dia não funcionando do que não funcionando sempre”, disse Dionísio Reis, diretor do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região. Apesar da greve dos funcionários da Caixa Econômica, o Sindicato informou que operações online serão mantidas, mesmo que de forma reduzida. A ideia é que esse serviço seja voltado para atender, principalmente, beneficiários do auxílio emergencial.

Caixa paga auxílio emergencial para mais dois grupos

Apesar de os funcionários da Caixa entrarem em greve nesta terça-feira, o banco efetua os pagamentos da primeira parcela do auxílio emergencial para nascidos no mês de outubro. Também recebem o dinheiro, os inscritos por meio do Bolsa Família que possuem NIS final 7. Mais três transferências serão feitas até sexta-feira (30/04), quando termina essa rodada de depósitos:

  • Nascidos em novembro e NIS final 8: 28 de abril de 2021 (quarta-feira);
  • Nascidos em dezembro e NIS final 9: 29 de abril de 2021 (quinta-feira);
  • NIS final 0: 30 de abril de 2021 (sexta-feira).

As datas de saque foram adiantadas e começam no dia 30/04 para nascidos em janeiro e termina no dia 17/05 para nascidos em dezembro. Enquanto isso, os beneficiários podem movimentar o auxílio emergencial pelo Caixa Tem, efetuando pagamento de contas, boletos e compras online.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »