Gestores acreditam que economia só será recuperada em 2022

63% dos gestores consultados projetam que economia brasileira só será recuperada em 2022.

Gestores acreditam que economia só será recuperada em 2022, painel da bolsa de valores

Cenário não é favorável a uma rápida recuperação. - Foto: Pixabay

De acordo com dados de uma pesquisa realizada pelo Bank of America (BofA), o mercado não está tão otimista com a retomada das atividades econômicas no Brasil. Segundo o levantamento 63% dos gestores acreditam que a economia só será recuperada em 2022.

Para piorar, cerca de 25%, ou seja, um quarto dos entrevistados, projetam um cenário ainda pior. Para eles, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro passará por dificuldades durante um prazo maior. Esses gestores estimam que a recuperação só chegue a partir de 2023 ou mesmo anos depois.

Os dados demonstram que a maior parte projeta uma recuperação lenta da economia, algo diferente do que o governo federal vem pregando. A pesquisa é feita mensalmente para auxiliar investidores e gestores de fundos que possuem ativos na América Latina. Desde o começo do ano, este é o momento com a maior desconfiança na recuperação econômica brasileira.

Entre as projeções feitas pelos gestores está a de que o Ibovespa, índice da bolsa de valores brasileira, fique na casa dos 110 mil pontos até o final do ano. Isso quer dizer que as perdas não serão recuperadas em 2020.

Guedes promete reformas em reunião

Na última segunda-feira (13/07), o ministro da Economia, Paulo Guedes, participou de uma reunião na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), grupo composto por 36 países desenvolvidos economicamente.

A reunião tinha como tema "Informalidade e Inclusão Social em tempos de COVID-19". O discurso de Guedes ficou marcado pela promessa de reformas estruturais no Brasil, que segundo ele, é uma das prioridades do governo federal. O ministro considera como reforma estrutural mudanças na parte tributária e administrativa da União.

Anteriormente, Paulo Guedes afirmou em entrevista que pretende privatizar quatro empresas. O anúncio será feito nos próximos meses. Para isso, seria importante ter o aval do Congresso.

Veja também:

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »