Golpistas usam falsas vagas de emprego para roubar dados das vítimas

Entre janeiro e maio, foram identificadas 346,1 mil tentativas de golpes com falsas vagas de emprego. Entenda como o esquema funciona e veja como se prevenir.

Devido às atuais crises econômicas, muitos brasileiros perderam suas rendas fixas e estão em busca de oportunidades de trabalho. Essa realidade fez com que golpistas começassem a aplicar novos golpes, especificamente associados com falsas vagas de emprego. Conforme levantamento da PSafe, encomendado pelo Jornal Extra, foram identificadas 346,1 mil tentativas de golpes sobre ofertas de trabalho.

Os dados dizem respeito apenas aos primeiros cinco meses de 2021. Geralmente, os criminosos inventam oportunidades de emprego para roubar dados pessoais e bancários, além de senhas. Eles também costumam cobram taxas em concursos e processos seletivos que nem sequer existem. Em nossa matéria, você confere mais detalhes sobre o assunto, além de formas de identificar falsas vagas de emprego.

Falsas vagas de emprego roubam dados pessoais; saiba como identificar

Com a urgência para arrumar trabalho, diversas pessoas passaram a cair em golpes por meio de falsas vagas de emprego. Os criminosos geralmente pedem dados pessoais com antecedência e, também, divulgam as supostas oportunidades de trabalho pelas redes sociais.

De acordo com Emilio Simoni, especialista da Psafe, existem boas práticas que podem ser aplicadas para identificar golpes:

  • Desconfie de quaisquer vagas de emprego que são divulgadas apenas por meio de canais que não sejam da empresa contratante, como WhatsApp, Telegram e Instagram. Faça uma busca pela internet e verifique se as ofertas de trabalho realmente existem;
  • Outra boa prática é checar as vagas de trabalho diretamente nos sites oficiais das empresas contratantes. Caso as oportunidades realmente existam, não deixe de conferir quais são os dados solicitados para as inscrições. Empresas idôneas se preocupam em analisar as competências técnicas, além de experiências profissionais. Não realize seu cadastro caso elas peçam dados sigilosos, senhas, etc.

Detalhe importante: sobre processos seletivos, é importante verificar se o edital realmente foi publicado no site oficial da empresa/órgão público, Diário Oficial do Município e/ou Diário Oficial do Estado. Desconfie se forem solicitados dados bancários e senhas. Em caso de suspeita, entre em contato diretamente com a empresa ou órgão público e verifique as informações.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »