Governo conclui pagamento do auxílio a beneficiários do bolsa família

Ocorre na quinta-feira a última etapa para o pagamento da parcela do auxílio emergencial aos beneficiários do bolsa família. Benefícios não são acumulativos.

O Governo Federal finaliza nesta quinta-feira (30) o pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial para aqueles que já são beneficiários do bolsa-família. Cerca de 1,9 milhão de pessoas que fazem parte do programa assistencial e que possuem o último dígito de seu NIS igual a 0 recebem hoje. 

Recebem também nessa data cerca de 1,7 milhão de trabalhadores informais que realizaram seu cadastro pelo aplicativo ou no site da Caixa.

O pagamento para os beneficiários do bolsa-família teve início em 16 de abril e todas as pessoas cujo último dígito do NIS era 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 ou 9 já receberam o pagamento.

Qual valor do auxílio emergencial?

Conforme divulgado, o auxílio emergencial será de R$ 600,00 e será pago durante três meses. Se a mulher for mãe e chefe de família, o pagamento pode chegar a R$ 1.200,00.

Mas vale salientar que, para os beneficiários do bolsa família, o pagamento do auxílio emergencial não é acumulativo, ou seja, será necessário optar por aquele que for mais vantajoso.

Caixa divulgou três calendários

De forma a evitar aglomerações nas agências em época de pandemia do coronavírus, o Governo Federal anunciou três calendários para pagamento do auxílio emergencial.

O primeiro calendário anunciado foi para quem fez o seu cadastro pelo aplicativo ou site da Caixa. Nesse caso, o pagamento foi realizado em até cinco dias úteis após o cadastro.

O segundo calendário é para os beneficiário do bolsa família. Nesse caso, o pagamento ocorre de acordo com o último dígito do NIS, da mesma forma como já é pago o bolsa família.

E o terceiro calendário é destinado para as pessoas que não recebem bolsa família, mas que estão no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico). O pagamento para essas pessoas ocorre conforme a data de nascimento.

Pagamento do auxílio emergencial para beneficiários do bolsa família

Muitos brasileiros estão enfrentando dificuldades para receberem o auxílio emergencial oferecido pelo Governo Federal. Longas filas, falta de informação, problemas no aplicativo ou mesmo pessoas que simplesmente não possuem acesso à internet e não conseguem receber o valor são alguns dos problemas enfrentados.

E muitas pessoas ainda ficam em dúvida se quem tem o bolsa família terá direito ao auxílio emergencial.

A resposta é sim e a boa notícia para quem já recebe o bolsa família é que o pagamento será feito automaticamente, não sendo necessário efetuar nenhum tipo de cadastro.

O recebimento do benefício será feito da mesma forma que você já está acostumado, ou seja, o valor entra diretamente no nome do titular da família, podendo o saque ser realizado com o Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão em qualquer terminal eletrônico da Caixa ou em agências lotéricas.

Também não muda para quem recebe via depósito em conta bancária.

Demais parcelas

Encerrada essa primeira etapa de pagamento, o Governo Federal já se prepara para pagar as parcelas seguintes. Fique atento, pois, assim como ocorreu na primeira parcela, o pagamento aos beneficiários do bolsa-família será conforme o último dígito do NIS.

Calendário da segunda parcela do auxílio emergencial

Data do pagamentoBeneficiário do bolsa família
18 de maio de 2020NIS final 1
19 de maio de 2020NIS final 2
20 de maio de 2020NIS final 3
21 de maio de 2020NIS final 4
22 de maio de 2020NIS final 5
25 de maio de 2020NIS final 6
26 de maio de 2020NIS final 7
27 de maio de 2020NIS final 8
28 de maio de 2020NIS final 9
29 de maio de 2020NIS final 0

Calendário da terceira parcela do auxílio emergencial

Data do pagamentoBeneficiário do bolsa família
17 de junho de 2020NIS final 1
18 de junho de 2020NIS final 2
19 de junho de 2020NIS final 3
22 de junho de 2020NIS final 4
23 de junho de 2020NIS final 5
24 de junho de 2020NIS final 6
25 de junho de 2020NIS final 7
26 de junho de 2020NIS final 8
29 de junho de 2020NIS final 9
30 de junho de 2020NIS final 0

Estatísticas do auxílio emergencial

  • Serão pagas três parcelas de R$ 600,00. Em algumas situações, o valor pode chegar a R$ 1.200,00;
  • Mais de 46,2 milhões de pessoas já receberam o pagamento;
  • O aplicativo da Caixa já foi baixado 67,5 milhões de vezes, totalizando 49,2 milhões de cadastros;
  • Valor pago pelo Governo chega a R$ 32,8 bilhões;
  • A central de atendimento da Caixa que atende pelo número 111 já recebeu 98,6 milhões de ligações.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »