SEC - BA convoca 545 coordenadores pedagógicos

Secretaria da Educação convoca 545 coordenadores pedagógicos, que devem comparecer ao CAB em até 10 dias.

Foi publicada no Diário Oficial do Estado da Bahia, na edição desta terça-feira (19/02/2013), a convocação de 545 novos coordenadores pedagógicos pela Secretaria da Educação.

Os convocados devem comparecer à sede do órgão, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), no prazo de 10 dias para apresentação de documentos e encaminhamento de exames médicos. Os novos profissionais vão atuar na rede estadual para fortalecer o processo de ensino e aprendizagem.

Informações do Diário Oficial do Estadoe da Secom Bahia

***

Notícia anterior (05/02/2013): Governo da Bahia nomeia 228 novos professores

Entre as cidades contempladas com o ingresso de novos professores, estão Salvador e Feira de Santana.

A Secretaria Estadual de Educação, divulgou nesta terça-feira (05/02) um decreto com a nomeação dos candidatos aprovados no concurso realizado pelo órgão. As vagas são para o cargo de Professor Padrão P - Grau I.

Foram selecionados 228 profissionais das área de Língua Portuguesa, Matemática, Biologia, Química, Física, Geografia, História, Filosofia, Sociologia, Artes, Educação Física e Inglês.

Os professores vão atuar nos municípios de Salvador, Feira de Santana, Simões Filho, Lauro de Freitas, Camaçari, Dias D'Ávila, Candeias, Madre de Deus, Itaparica, Vera Cruz, Amélia Rodrigues, Conceição da Feira, Coração de Maria, Conceição do Jacuípe, Irará, Santa Bárbara, Santanópolis, São Gonçalo dos Campos, Antônio Cardoso, Anguera, Ipecaetá, Ipirá, Rafael Jambeiro, Santo Estevão, Serra Preta, Candeal, Capela do Alto Alegre, Ichu, Gavião, Nova Fátima, Pé de Serra, Pintadas, Riachão do Jacuípe e Tanquinho. Além disso, outros professores vão trabalhar nas regiões de Valença, Teixeira de Freitas, Jacobina, Piritiba, Irecê, Seabra, Senhor do Bom Fim, Amargosa, Alagoinhas Itabuna, Jequié e Itaberaba.

Em Salvador, os educadores vão trabalhar nos setores de Brotas, Cabula, Centro, Cidade Baixa, Liberdade, Orla, Pau da Lima, São Caetano, São Cristóvão e Subúrbio.

Confira a lista completa dos professores nomeados, publicada no Diário Oficial da Bahia.

Edição com informações do portal "Zé Neto Deputado Estadual"

***

Notícia anterior (20/06/2012): Governo da Bahia nomeia 1.559 professores nesta sexta-feira

Os novos professores vêm somar aos efetivos da rede estadual de ensino, atualmente 40 mil professores, um dos maiores quadros de pessoal do Estado da Bahia

O Governo do Estado da Bahia publica nesta sexta-feira (14/10), no Diário Oficial do Estado, a nomeação de 1559 professores aprovados no mais recente concurso para docente do Estado, realizado em janeiro de 2001. A nomeação representa o primeiro grupo de um total de 3.200 docentes que serão nomeados até o início do ano letivo de 2012. Os novos professores vêm somar aos efetivos da rede estadual de ensino, atualmente 40 mil professores, um dos maiores quadros de pessoal do Estado da Bahia.

Clarice Ribeiro, 25 anos, será uma das nomeadas. Ela vê no ensino algo além de um trabalho. “Sou filha de um professor. Meu pai dedicou a vida inteira ao ensino público, por isso, pra mim, não é só um trabalho, mas uma missão de vida mesmo. Espero contribuir para a formação das crianças e adolescentes da escola em que eu for atuar. E também desenvolver o meu trabalho para mudar a vida desses estudantes por meio da educação física”, afirma a professora, que foi aprovada para lecionar no Subúrbio de Salvador.

O resultado do concurso para docente da rede estadual de educação da Bahia foi publicado no mês de junho. Em julho, foi realizada a convocação, enquanto que os meses de agosto e setembro foram destinados para os exames médicos, realizados em todas as Diretorias Regionais de Educação (Direc) do Estado. Agora, em outubro, inicia a etapa de nomeação.

O secretário da Educação do Estado da Bahia, Osvaldo Barreto, afirma que a entrada dos novos professores está de acordo com o programa Todos pela Escola, que tem o objetivo central de garantir a todo estudante o direito de aprender. Segundo ele, “a chegada dos novos docentes tem o objetivo de estabilizar e qualificar o quadro de educadores. A contratação representa um aporte importante para a melhoria do ensino em todas as escolas da rede estadual da Bahia”.

Paulo Henrique Sampaio, 46 anos, também será nomeado e vê uma oportunidade para ajudar a transformar a educação. “Sou professor de matemática da rede particular de ensino há 20 anos. É a primeira vez que vou ensinar em uma escola pública e a minha expectativa é a de contribuir para o ensino público no Estado como um instrumento de transformação da educação e de formação de cidadãos com uma visão crítica da sociedade. Espero cumprir meu compromisso com a educação da melhor forma possível”, disse o professor, que mora em Lauro de Freitas.

Plano de carreira – A Bahia já garante o salário aos professores licenciados da rede estadual acima do piso nacional estabelecido pelo Supremo Tribunal Federal. Além disso, a Bahia é exemplo nacional com a implantação do Plano de Carreira do Professor, uma conquista da categoria. Instituído em 2008, as bases do plano foram acordadas entre o Governo da Bahia e a APLB Sindicato. O plano estabelece duas formas de progressão: o avanço vertical automático, relacionado com a titulação, abrangendo desde a licenciatura até o doutorado, e a progressão opcional, decorrente da avaliação de desempenho, que é voluntária.

Em 2010, foi aplicada, pela primeira vez, a avaliação de desempenho, uma política de valorização da carreira do magistério. No total, 6.335 professores e coordenadores pedagógicos progrediram na carreira, sendo que 3.516 em 2010 e 2.819 em 2011. Mais do que garantir o aumento salarial de 15%, o resultado auxilia os professores no seu próprio desenvolvimento e funciona ainda como instrumento para a Secretaria da Educação do Estado elaborar os programas de formação para docentes.

Compartilhe

Comentários