Governo da Bahia prorroga suspensão de aulas até 30 de agosto

A primeira medida foi publicada ainda no mês de março, com o objetivo de evitar novos casos de infecção pelo novo coronavírus. Saiba os detalhes!

Governo da Bahia prorroga suspensão de aulas: sala de aula cheia de carteiras e sem nenhum estudante

Eventos com mais de 50 pessoas também não podem ser realizados. - Foto: wallpaper flare

Nesta sexta-feira (14/08), o governo da Bahia prorrogou o decreto sobre a suspensão das aulas nas redes pública e privada de ensino. A primeira medida foi publicada ainda no mês de março, quando os surgiram casos de pessoas infectadas por COVID-19. Ela tem sido estendida desde então como forma de evitar aglomerações e prevenir picos de contágio.

Acompanhe a matéria completa e fique por dentro de mais detalhes sobre o assunto. Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site, como simulados e artigos. Temos certeza de que existe um material feito especialmente para você!

Suspensão de aulas, eventos e transporte intermunicipal no estado da Bahia

Além das aulas suspensas nas redes de ensino da Bahia, eventos com mais de 50 pessoas também não podem ser realizados. Permanece proibido qualquer tipo de atividade que envolva aglomerações de pessoas, como shows, feiras, eventos científicos, passeatas, museus, teatros, dentre outros.

O governo da Bahia também decretou a interrupção do transporte intermunicipal em Brotas de Macaúbas e Jacaraci, mas autorizou a retomada desses serviços em Sebastião Laranjeiras. Afinal, esse último município já estava há 14 dias ou mais sem novos casos de infecções por COVID-19.

A decisão para as outras duas cidades (Brotas de Macaúbas e Jacaraci) prevê o impedimento da circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo público e privado. Os serviços rodoviário e hidroviário também estão temporariamente suspensos.

Governo da Bahia está negociando acordo sobre a vacina russa contra a COVID-19

A embaixada da Rússia no Brasil informou que está negociando um acordo com o governo da Bahia sobre a vacina recém-registrada contra a COVID-19. Em nota, o chanceler russo Sergey Akopov disse que participou de uma videoconferência com o governador baiano, Rui Costa, e o secretário de saúde, Fábio Vilas-Boas.

O objetivo da conversa foi de estabelecer uma possível parceria entre as instituições de pesquisa baianas e os centros científicos russos. Também foi discutida a hipótese de envolver outros estados da região Nordeste na mesma negociação.

Em entrevista à TV Bahia no início de agosto de 2020, o governador Rui Costa confirmou a reunião com as autoridades russas para assegurar o interesse na vacina. "Nós tivemos uma reunião pela internet com o embaixador da Rússia, demonstrando interesse da Bahia e dos estados do Nordeste em ter essa parceria. Tanto para ajudar a fazer os testes da vacina, como eventualmente participar do processo de vacinação", disse Rui Costa.

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Comentários

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »