Nomeados mais de 9.800 servidores em São Paulo

Educação nomeia 9.758 agentes de organização escolar, 17 executivos e 27 oficiais administrativos.

A partir do início deste ano letivo, as escolas da rede estadual de São Paulo vão contar com um reforço significativo. É que acabam de ser nomeados mais 9.758 agentes de organização escolar, dos concursos públicos regionais realizados em abril do ano passado.

Os agentes de organização escolar têm entre suas atribuições zelar pelo bem-estar dos alunos e pela estrutura física da unidade de ensino, orientar os estudantes quanto às normas de conduta previstas no regimento escolar, controlar a movimentação dos alunos nas dependências da escola e auxiliar na manutenção da disciplina geral. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o salário é de R$ 840,00.

Esses servidores fizeram a escolha de vagas no mês de dezembro e, a partir destas nomeações, o total desses servidores chega a 32.424 , os quais darão suporte às mais de 5.000 escolas da rede estadual nas 91 diretorias regionais de ensino.

Também foi divulgada a convocação dos profissionais para as perícias médicas, que terão início na próxima segunda-feira (28/01). Confira a lista de convocação e os documentos necessários aqui.

O candidato deve comparecer na data agendada mesmo que não tenha realizado todos os exames necessários. Para imprimir a Guia de Perícia Médica, o convocado deverá acessar o GDAE. Dos 9.758 profissionais que passarão por perícia, 47 são remanescentes do concurso público realizado em 2009.

Executivos públicos e oficiais administrativos são nomeados

A outra notícia é que os executivos públicos e oficiais administrativos que participaram da sessão de escolha de vagas, realizada no dia 21 de dezembro, já podem conferir a nomeação para seus cargos, que foi publicada no Diário Oficial do Estado de quarta-feira (23/01).

Nesta chamada, 43 Diretorias de Ensino receberão os 27 novos oficiais administrativos e 17 executivos públicos, que realizarão funções de apoio técnico ou de assistência.

O próximo passo para os profissionais nomeados, antes da posse, é a realização da perícia médica. Para isso, o ingressante deverá comparecer, às 7h do dia 29 de janeiro, ao Departamento de Perícias Médicas do Estado (DPME), localizado na Av. Prefeito Passos s/nº, esquina com Rua Leopoldo Miguez, Várzea do Carmo. É importante destacar que o servidor deverá comparecer na data agendada mesmo que não tenha realizado todos os exames necessários.

As informações são da Ascom da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

***

Notícia anterior (26/07/2012): Governo de São Paulo nomeia 200 novos delegados

Governador São Paulo publica nomeação de 200 novos delegados

O Governador do Estado de São Paulo autorizou a nomeação de 200 novos delegados de Polícia Civil que atuarão em todas as regiões do Estado. A lista está disponível na edição do dia 27 de julho de 2012, conforme informação da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Segurança Pública.

No começo de junho, o governador Geraldo Alckmin assinou um decreto que aprovou o acréscimo de 60 vagas para o concurso público. O processo foi autorizado em março de 2011 e previa 140 candidatos.

O acréscimo no número de aprovados foi motivado por uma análise positiva feita pelo secretário da Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, com relação ao nível dos candidatos.

Os 200 futuros policiais civis já foram classificados e amanhã serão nomeados. A próxima etapa será a tomada de posse que deve acontecer dentro de 15 dias. Depois da posse, os alunos partem para o curso de formação na Acadepol (Academia de Polícia Civil).

Ao término do curso, que tem duração de três meses, os policiais civis estarão formados e seguirão para um estágio probatório de três anos.

Concursos

No mês de maio, a Polícia Civil formou 568 investigadores e 245 escrivães. Estão em andamento os concursos para agente policial (391 vagas), desenhista (7 vagas) e médico legista (44 vagas).

Também já foram aprovados pelo governador os concursos públicos para atendente de necrotério, papiloscopista, auxiliar de papiloscopista, auxiliar de necropsia e perito criminal.

Compartilhe