Governo de SP vai entregar cartões de compras às famílias vulneráveis

Ao todo, o governo estadual pretende distribuir cerca de 50 mil cartões de compras, com valor de R$ 100, para as famílias mais vulneráveis de São Paulo. Veja.

Cartões de compras em São Paulo: homem, de costas, em corredor de supermercado

Com os cartões, será possível fazer compras de alimentos, frutas, legumes e verduras. - Foto: Pxhere

Na última quarta-feira, dia 05 de maio, o governo de São Paulo anunciou que distribuirá 50 mil cartões de compras para famílias vulneráveis, com valor de R$ 100 (bandeiras Alelo, Ticket e Sodexo). O benefício, financiado pela Associação Paulista de Supermercados (Apas), ficará no lugar da cesta básica entregue mensalmente.

Com o 'Cartão Alimento Solidário Super Essencial', será possível fazer compras de alimentos, frutas, legumes e verduras. A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social do estado, Célia Parnes, explicou que os cartões de compra serão destinados para as unidades familiares que possuem maior vulnerabilidade social, conforme o CadÚnico.

“O pagamento dos cartões será feito integralmente por um comitê empresarial privado (...). Nós avaliamos que a entrega desses valores direto às famílias dá mais dignidade e poder de escolha para as mães chefes de família e também possibilita que elas comprem itens que não são contemplados nas cestas básicas, como alimentos frescos como verduras, legumes e frutas”, disse a secretária Célia Parnes.

Cartões de compras já estão sendo distribuídos em SP

O 'Cartão Alimento Solidário Super Essencial' foi anunciado em coletiva de imprensa realizada no dia 05 de maio de 2021. De acordo com o governador João Doria, o benefício poderá ser usado em compras diretas de alimentos. Os cartões de compra, inicialmente, contam com orçamento de R$ 1 milhão oriundo da Associação Paulista de Supermercados (Apas).

Em linhas gerais, o objetivo é de reduzir o índice de insegurança alimentar no contexto das famílias paulistas mais vulneráveis. A distribuição dos cartões, inclusive, já começou a ser feita na última terça-feira. Cerca de 3 mil unidades foram entregues na Zona Leste de São Paulo. Nessa primeira leva, o governo de SP deve distribuir 10 mil cartões nos 645 municípios do estado.

Ainda não existe data prevista para a finalização da entrega dos 50 mil cartões de compras. Segundo a secretária Célia Parnes, a meta é ampliar o benefício para mais pessoas na medida em que novas doações foram feitas pela iniciativa privada. “É uma parceria muito importante nesse momento de pandemia, e a gente quer que ela seja contínua e ilimitada”, complementou.

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »