Governo divulga lista de beneficiários do auxílio de R$ 600

Portal da Transparência divulga lista de beneficiários do Auxílio Emergencial. São mais de 53 milhões de nomes.

lista de beneficiários do auxílio emergencial - a foto mostra uma agência da Caixa

Lista no Portal Transparência tem mais de 53 milhões de beneficiários. - Foto: Wikimedia Commons

Na manhã desta sexta-feira, 05/06, o governo federal publicou a lista de beneficiários do auxílio emergencial no Portal da Transparência. A página permite que qualquer cidadão possa conferir os nomes de mais de 53 milhões de pessoas que receberam o benefício. Para fazer as buscas, basta definir filtros de pesquisa por estado, município e mês. A consulta também pode ser feita pelo número do CPF e Número de Identificação Social (NIS).

De acordo com o comunicado do governo: "A consulta é formada por três grupos de beneficiários, conforme regras definidas na legislação: Programa Bolsa Família, Inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e Não Inscritos no Cadastro Único (ExtraCad). Neste lançamento, estão publicados os recursos da primeira parcela do Auxílio Emergencial, com pagamentos disponibilizados até a folha de abril para o grupo Bolsa Família, até 15 de maio para os inscritos no CadÚnico e até o dia 22 de maio para os do Extracad. Dessa forma, o Portal detalha um total de R$ 38,1 bilhões em recursos repassados pelo Governo Federal."

Os dados do Auxílio Emergencial serão atualizados mensalmente no Portal da Transparência. Caso um cidadão identifique alguma irregularidade referente ao pagamento, ele terá a oportunidade de enviar uma denúncia para o Ministério da Cidadania. 

No fim de maio, o ministro da CGU, Wagner Rosário, já tinha afirmado que a Controladoria-Geral da União iria divulgar a lista com o nome dos beneficiários: "vamos estar colocando em transparência toda a base do recebimento do auxílio emergencial. Todas as pessoas que vêm recebendo para que o cidadão possa ele mesmo fiscalizar", disse Rosário.

Fraudes no auxílio emergencial

A página do Portal da Transparência surge em meio a dezenas de denúncias relacionadas ao pagamento do auxílio emergencial. Um dos escândalos recentes foi a identificação do pagamento do benefício para 11 foragidos da polícia divulgado pela Rede Globo.

Além disso, uma pesquisa feita pelo Instituto Locomotiva mostrou que um terço das Classes A e B solicitou o auxílio emergencial. De acordo com os dados do estudo, 69% tiveram seus cadastros aprovados e receberam as parcelas de R$ 600. 

Quem for pego tentando fraudar o auxílio de R$ 600 poderá ser preso e a pena pode chegar a 6 anos pelo crime de estelionato. Cabe à PF investigar qualquer tipo de irregularidade relacionada aos pagamentos do benefício.

Bolsonaro confirma quarta e quinta parcela do auxílio emergencial

Enquanto isso, durante uma live, Jair Bolsonaro confirmou o pagamento da quarta e quinta parcela do benefício e que isso já está "acertado com o [ministro da Economia] Paulo Guedes". Segundo ele, o valor "vai ser menor do que os R$ 600, para ir partindo exatamente para um fim. Cada vez que nós pagamos esse auxílio emergencial, dá quase R$ 40 bilhões. É mais do que os 13 meses do Bolsa Família”, argumentou.

O cronograma da 3ª parcela está previsto para sair na segunda semana de junho.

Veja também:

Andressa Xavier
Diretora de redação
Gestora da Informação por formação, Coordenadora de Conteúdo por paixão! Formada pela UFPR, trabalha com produção de conteúdos para internet desde 2007 quando ingressou em uma das maiores empresas de tecnologia do país, a NZN. Hoje, no Concursos no Brasil, ajuda o time a se desenvolver e entregar conteúdos elaborados sob medida para os leitores. Ama cachorros, viajar e falar italiano.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »