LIBERADO novo pagamento do auxílio emergencial para 22.233 pessoas

O novo pagamento do auxílio emergencial foi liberado após reavaliações do governo brasileiro. Confira todos os detalhes em nossa matéria.

O governo federal aprovou as contestações de 22.233 pessoas e, nesta quarta-feira (10/02), elas vão receber as parcelas solicitadas. Ao todo, será fornecido o total de R$ 20,95 milhões por meio do novo pagamento do auxílio emergencial. As transferências e saques de todas as cotas estarão disponíveis de uma só vez, conforme calendário divulgado pelo Ministério da Cidadania.

Novo pagamento do auxílio emergencial após reavaliações

Para consultar a situação das parcelas contestadas, basta acessar o aplicativo do auxílio emergencial (Android e iOS) ou o site do programa. O governo brasileiro liberou o novo pagamento para quatro grupos de beneficiários. Veja:

  • 12 mil pessoas vão contar com até cinco parcelas de R$ 600: beneficiários que tiveram o pagamento reavaliado;
  • 9,4 mil pessoas receberão quatro cotas de R$ 300: beneficiários que ainda não haviam recebido o auxílio residual e passaram por reavaliação;
  • 371 pessoas vão receber até três parcelas de R$ 300: aqueles que tiveram o pagamento reavaliado do auxílio residual;
  • 561 pessoas vão contar com até quatro parcelas de R$ 300: para os beneficiários que fizeram o procedimento de contestação para garantir o auxílio residual.

Auxílio emergencial em 2021: apoio dos novos presidentes do Senado e da Câmara

No início de fevereiro de 2021, a prorrogação do auxílio emergencial foi comentada pelos novos presidentes do Senado e da Câmara (Rodrigo Pacheco e Arthur Lira, respectivamente). Ambos se mostraram favoráveis às novas parcelas do programa para atender os beneficiários economicamente desassistidos. Ao mencionarem medidas emergenciais dentro do contexto de pandemia, os representantes das casas legislativas disseram que o benefício continua sendo necessário.

O posicionamento dos novos presidentes da Câmara e do Senado foi descrito em documento assinado pelos dois. Além do mais, ambos defenderam a vacinação em massa contra a COVID-19. “Assegurar, de forma prioritária, que todos os recursos para aquisição de vacinas estejam disponíveis para o Poder Executivo e que não faltem meios para que toda a população possa ser vacinada no prazo mais rápido possível”, diz o texto.

Vale ressaltar que, conforme apurações da CNN, um novo auxílio emergencial tenderá a ser implementado pelo governo brasileiro. Ele poderá ser chamado de “BIP” (Bônus de Inclusão Produtiva). Dentro do novo público-alvo, a equipe do presidente Jair Bolsonaro quer focar apenas nos brasileiros que sejam trabalhadores informais.

Além disso, os beneficiários vão ter que passar por programas de qualificações profissionais em caráter gratuito. O propósito será de fazer com que eles fiquem mais preparados para atender as necessidades do mercado. Conforme o jornal Folha de S. Paulo, o novo auxílio emergencial em 2021 poderá ter parcelas no valor de R$ 200,00.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »