Locais de provas do processo seletivo de estagiários do TJMT

Estão disponíveis os horários e os locais da aplicação das Provas do processo seletivo de estagiários de nível médio e superior do TJMT.

Acontece neste domingo (5 de maio), às 9 horas, o processo seletivo para contratação de estagiários de nível médio e superior que irão trabalhar no Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A prova, com duração de três horas, será realizada no “Bloco F” da Universidade de Cuiabá (Unic), na Avenida Beira Rio.

 Ao todo são oferecidas 50 vagas para alunos do curso de Direito, Administração, Gestão Pública, Gestão de Pessoas, Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, Ciências Contábeis, Economia, Técnico em Enfermagem e ensino médio.

O estágio, de 30 horas semanais, será realizado nas unidades da secretaria do Tribunal de Justiça e gabinetes de Segunda Instância. Os aprovados vão desempenhar atividades que possibilitem aprendizado técnico sob a supervisão e acompanhamento de um magistrado ou servidor do Poder Judiciário, porém sem vínculo empregatício. O processo seletivo tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

A remuneração para os estagiários é de R$ 545,00 para estudantes de nível superior e de R$ 436,00 para nível médio, além de auxílio transporte no valor de R$ 118,80.

Os estagiários de nível superior deverão estar regularmente matriculados em universidades e faculdades do Estado de Mato Grosso, reconhecidas pelo Ministério da Educação, e que estejam cursando, no mínimo, o terceiro semestre do curso de Direito, ou segundo semestre dos demais cursos. Na data da contratação, o estudante deve ter a idade mínima de 16 anos completos.

Os candidatos devem apresentar documento de identidade original, comprovante de inscrição e caneta esferográfica transparente de tinta azul ou preta e chegar 30 minutos antes do início da prova.

Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar documento de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, 15 dias, juntamente com qualquer outro documento que contenha foto.

Não serão aceitos como documento de identidade certidões de nascimento, CPF, Título de eleitor, carteira de estudante, nem documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados. Não será aceita cópia do documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo do documento.

A prova objetiva terá caráter eliminatório e classificatório, com 40 questões, valendo 2,5 pontos cada uma. Cada questão objetiva terá a forma de teste, com quatro alternativas.

Com informações do portal de notícias do Tribunal de Justiça de Mato Grosso

Compartilhe