Luiza Code: Magalu abre vagas para formação de mulheres em tecnologia

Serão disponibilizadas 40 vagas para mulheres que possuam conhecimento básico em linguagem de programação. Saiba mais sobre o projeto Luiza Code!

Magalu abre vagas para formação de mulheres em tecnologia no Luiza Code: enquadramento fechado em mãos digitando em notebook

Todas as mulheres selecionadas vão contar com a possibilidade de contratação ao final do programa. - Foto: Unsplash

O Magazine Luiza (Magalu) deverá selecionar 40 mulheres para o seu programa “Luiza Code”, com o objetivo de fornecer treinamentos e mentorias para aprimorar os conhecimentos em linguagem de programação. Por conseguinte, as participantes vão receber formação gratuita em “python” ao longo de quatro semanas.

Elas também terão acesso a uma sessão de mentoria com o time do Luizalabs, além de treinamento para processos seletivos e participação de lives a respeito de temas complementares. Conforme o perfil do Luizalabs no Instagram, todas as mulheres selecionadas vão contar com a possibilidade de contratação ao final do programa.

Acompanhe a matéria completa e fique por dentro de mais detalhes sobre o Luiza Code. Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site, como simulados e artigos. Temos certeza de que existe um material feito especialmente para você!

Requisitos para participar do programa Luiza Code

Para participar do programa elaborado pelo Magazine Luiza, é necessário atender a alguns requisitos mínimos. Veja:

  • Ser mulher;
  • Ter conhecimento básico de linguagem de programação;
  • Ter disponibilidade de horário para participar das aulas e encontros virtuais.

Etapas do Luiza Code

O programa Luiza Code deverá contar com a seguinte programação:

  1. Etapa para efetuar as inscrições;
  2. Testes, com previsão de acontecerem nos dias 13, 14 e 15 de outubro de 2020;
  3. Entrevistas;
  4. Formação das selecionadas;
  5. Mentoria com profissional do Luizalabs.

Como se inscrever no programa Luiza Code

As inscrições poderão ser feitas provavelmente entre os dias 08 e 11 de outubro de 2020 (prazo previsto). Basta acessar o site do programa Luiza Code e preencher as informações solicitadas no final da mesma página.

Sobre o Luizalabs

O Luizalabs é a área de tecnologia e inovação do Magazine Luiza (Magalu). No ano de 2011, ele começou a ser moldado como um setor de Pesquisa e Desenvolvimento. O projeto acabou crescendo a ponto de se tornar referência em transformação digital do país.

Atualmente, o Luizalabs não é somente um laboratório de estudos: é uma área com mais de 1.300 pessoas do ramo de tecnologia e que trabalham em soluções inventivas. Os profissionais estão divididos nos setores de:

  • Desenvolvimento de Software;
  • UI (Interface do Usuário);
  • UX (Experiência do Usuário);
  • Data Science (Ciência de Dados);
  • Produto;
  • Agilidade; e
  • Segurança da Informação.

Sobre o Magazine Luiza

O Magalu é uma rede varejista de eletrônicos e móveis, que foi fundada em 1957 na cidade de Franca, interior de São Paulo. A empresa possui mais de 1.000 lojas e está presente em pelo menos 18 estados do país.

Há 20 anos, o Magazine Luiza está entre as melhores empresas para se trabalhar no Brasil. A companhia ficou na quarta colocação em ranking promovido no ano de 2019, além de conquistar o primeiro lugar na categoria varejo. Essa última premiação, inclusive, foi elaborada pelo instituto Great Place to Work. ‍

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »