Novas inscrições no auxílio emergencial começam NESTAS cidades; veja

A Prefeitura de Maringá/PR e Aracaju/SE abriram inscrições para o auxílio emergencial nos respectivos municípios. Parcelas mensais de R$ 200. Veja detalhes.

Inúmeras pessoas desempregadas ou de baixa renda ainda estão passando por dificuldades financeiras, sobretudo devido às crises ocasionadas pela pandemia (COVID-19). Em razão disso, as prefeituras de Aracaju/SE e Maringá/PR abriram inscrições para o auxílio emergencial nos respectivos municípios. Ambos os órgãos públicos elaboraram suas próprias normas para disponibilizar os repasses.

No caso de Maringá, o auxílio emergencial será destinado para pessoas em situação de vulnerabilidade e tenham renda per capita de até R$ 178. A Prefeitura de Aracaju, por sua vez, deverá liberar os pagamentos para famílias em condição de pobreza ou extrema pobreza, artistas, ambulantes, população em situação de rua, artesãos, trabalhadores de shows e eventos, sem contar os permissionários do transporte escolar.

Auxílio emergencial em Maringá, no estado do Paraná

Nesta segunda-feira (26/04), a Prefeitura de Maringá abriu o prazo para as inscrições no auxílio emergencial do município. Serão transferidas três parcelas mensais de R$ 200, sendo que a primeira deverá ser depositada no dia 14 de maio de 2021. Para receber, os moradores de Maringá precisam estar inscritos no Bolsa Família, desde que possuam cadastros no CadÚnico até 28 de fevereiro do mesmo ano.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 03 de maio de 2021, diretamente pelo site da Prefeitura de Maringá. Por sua vez, os pagamentos serão realizados por transferência bancária (pela Caixa ou outra conta do beneficiário). Mais informações sobre o auxílio emergencial em Maringá podem ser obtidas pelo telefone 3309-4737 da Secretaria de Assistência Social ou por e-mail: beneficioemergencial@maringa.pr.gov.br.

Auxílio emergencial em Aracaju, no estado de Sergipe

As inscrições para o auxílio emergencial em Aracaju também foram abertas nesta segunda-feira (26/04) para os não inseridos no CadÚnico. Para requerer dentro do prazo previsto, as famílias da capital de Sergipe precisam atender algum dos seguintes requisitos: situação de pobreza e extrema pobreza, ambulantes, permissionários do transporte escolar, população em situação de rua, artistas, artesãos, trabalhadores de shows e eventos.

Serão transferidas três parcelas de R$ 200 entre os meses de maio e julho. Não haverá possibilidade de acumular mais de um pagamento durante o mesmo mês. Os cadastros para os que não estão inseridos no CadÚnico devem ser feitos das 9h às 15h, na Central de Atendimentos estruturada na Fundat. Na ocasião, os interessados deverão levar CPF, identidade/carteira profissional, comprovante de residência e certidão de casamento.

Também serão exigidos: certidão do órgão de classe/declaração do sindicato, além de todos os documentos dos membros da família. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (79) 3711-5011 da Secretaria Municipal da Assistência Social. Confira o calendário:

  • Segunda-feira (26/04): para artesãos;
  • Terça-feira (27/04): para permissionários do Transporte Escolar;
  • Quarta-feira (28/04): ambulantes;
  • Quinta-feira (29/04): artistas, bem como trabalhadores de shows e eventos.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »