Novo Bolsa Família prevê voucher no lugar de verba de creches públicas

Novidades do Bolsa Família devem ser anunciadas em breve. Se o voucher for confirmado, bilhões de reais podem parar em instituições particulares.

Novo Bolsa Família prevê voucher no lugar de verba de creches públicas, logo do Bolsa Família

Bolsa Família deve ter novidades em breve. - Foto: Divulgação

De acordo com uma reportagem veiculada no Portal UOL, uma das novidades do novo Bolsa Família seria a substituição de verbas para creches públicas por um voucher.

No caso, o governo federal ofereceria R$ 250 mensais que só poderiam ser utilizados em creches privadas por quem deixe o Bolsa Família. Com isso, recursos que seriam destinados para ampliações e melhorias no sistema público, podem parar na iniciativa privada.

Como funcionaria o voucher para creche do novo Bolsa Família

Ainda conforme a reportagem, o voucher para creches do novo Bolsa Família só valeria para famílias monoparentais, com crianças entre seis meses e 3 anos e 11 meses. Além disso, o responsável precisa conseguir um emprego formal e deixar o Bolsa Família.

O auxílio seria uma compensação para com que a pessoa saia do Bolsa Família. O governo vem chamando o voucher de “porta de saída”.

Portanto, estima-se que o mercado de creches privadas pode obter R$ 6,6 bilhões caso a proposta seja aprovada e todas as famílias elegíveis consigam cumprir as regras estabelecidas pelo governo.

No momento, parte dos participantes do Bolsa Família são assistidos pelo Brasil Carinhoso, programa criado em 2012 que oferece uma rede de creches públicas para com que os filhos dos beneficiários tenham onde ficar durante o horário de trabalho.

No auge, o programa chegou a destinar mais de R$ 1 bilhão de verbas para creches. No entanto, com o passar dos anos, os recursos foram sendo cortados e, em 2019, o governo investiu menos de R$ 8 milhões no programa. Portanto, a tendência é que o Brasil Carinhoso seja extinto.

Bolsonaro confirmou que lançamento será em breve

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou que o lançamento do novo Bolsa Família ocorrerá em breve. Segundo o presidente, haverá mudanças até na forma de inscrição no programa. Segundo ele, o cadastramento não será mais das Prefeituras e passará a ser feito por meio de um aplicativo dedicado. Bolsonaro afirmou que a novidade libertará as pessoas mais humildes:

"E mais: brevemente a inclusão no Bolsa Família não será mais procurando prefeituras pelo Brasil, será feito através de um aplicativo. Vamos libertar as pessoas mais humildes do jugo de quem quer que seja", disse o presidente.

A fala ocorreu no dia 13 de maio, durante um discurso feito em Alagoas que contou com a presença de autoridades locais e do ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos - BA).

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »