Pagamentos de R$ 1.100,00 para quem nunca contribuiu com INSS

Pagamentos do BPC podem ser feitos mesmo para pessoas que nunca contribuíram com o INSS. Saiba como se registrar.

O governo federal continua realizando novos pagamentos do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Os pagamentos são de um salário mínimo, atualmente em R$ 1.100,00, sendo que não é necessário que a pessoa tenha contribuído com o INSS.

Quem pode receber o BPC

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é pago mensalmente a quem possui uma renda familiar menor que um quarto do salário mínimo em vigor e tenha pelo menos 65 anos ou não possa trabalhar por algum impedimento médico.

Como o BPC é considerado um benefício assistencial, o indivíduo não precisa ter contribuído com o INSS para poder receber.

No entanto, vale deixar esclarecido que o BPC não realiza pagamentos de 13° salário e também não pode ser herdado. Ou seja, se o beneficiário falecer, não haverá pagamento aos descendentes. Isso se deve justamente ao fato de que a pessoa não contribuiu com o INSS.

Como conseguir o BPC

Para poder obter o BPC, o indivíduo precisa se dirigir a uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município. Lá, ele deve explicar sua situação e seguir os protocolos informados. Lembre-se de que é necessário estar com os documentos pessoais.

A avaliação é feita pelo INSS, por meio de um funcionário dentro da área de assistência social. Portanto, um estudo da renda da pessoa será feito para adicionar ou não o indivíduo dentro do BPC.

Atenção! Para poder solicitar o BPC, é requerido que o beneficiário seja inscrito no Cadastro Único do governo federal. O registro também pode ser realizado no CRAS.

O que fazer se o BPC for negado?

Se o BPC for negado por incapacidade, o interessado deve recorrer solicitando uma nova perícia da Previdência Social. Em caso da recusa for a renda, o INSS não costuma rever o apontamento. Portanto, é preciso ter muito cuidado na hora de fazer o registro.

Além disso, é preciso ficar atento às novidades e atualizações do BPC. O INSS possui a Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária. Ela é responsável por investigar se os beneficiários atuais continuam dentro das regras.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »