Pesquisa mostra 15 cargos com aumento de vagas durante a pandemia

A empresa de recrutamento Catho realizou uma pesquisa que mapeou os 15 cargos com aumento de vagas de emprego durante a pandemia. Confira quais são.

15 cargos com aumento de vagas durante a pandemia: homem anotando algo em caderno na frente de computador

O isolamento social demandou contratações em áreas específicas. - Foto: Pexels

No dia 25 de maio, a empresa de recrutamento Catho, divulgou os 15 cargos com aumento de vagas de emprego durante a pandemia de coronavírus. O levantamento comparou os números de março de 2019 com o mesmo período de 2020. Assim, foi possível observar um crescimento de contratações expressivo na área da saúde.

A pesquisa também mostrou que as áreas supermercadista, logística e de farmácia aumentaram o número de vagas de emprego durante o período de isolamento social. Segundo o levantamento, houve uma diferença de 500% entre os períodos analisados. Por exemplo, profissões da saúde contaram com mais de 3,7 mil vagas e as supermercadistas anunciaram mais de 6 mil vagas.

"Nitidamente, pela necessidade de uma maior capacidade de atendimento, o setor de saúde continua com diversas posições abertas. Além disso, a partir do momento em que as pessoas passaram a ficar mais em casa, a área de varejo supermercadista também aumentou o volume de abertura de vagas, juntamente com toda a cadeia de valor ligada a esse setor", afirmou Regina Botter, diretora de operações da Catho.

Veja os 15 cargos com aumento de vagas de emprego durante a pandemia:

  1. Enfermeiro de UTI: aumento de 718%;
  2. Técnico de enfermagem: aumento de 708%;
  3. Auxiliar de Loja (supermercado): aumento de 691%;
  4. Bombeiro Civil (segurança do trabalho): aumento de 500%;
  5. Enfermeiro: aumento de 397%;
  6. Operador de Caixa (supermercado): aumento de 210%;
  7. Repositor (supermercado): aumento de 203%;
  8. Encarregado de Limpeza: aumento de 71%;
  9. Auxiliar de Farmácia: aumento de 70%;
  10. Motorista (logística/armazéns): aumento de 62%;
  11. Assistente de Transportes (logística/armazéns): aumento de 59%;
  12. Assistente de Logística: aumento de 48%;
  13. Auxiliar de Logística: aumento de 43%;
  14. Farmacêutico: aumento de 38%;
  15. Auxiliar de Serviços Gerais: aumento de 37%.

O isolamento aumentou o uso dos serviços de delivery, e-commerce, internet e streaming, provocando um reaquecimento em diversos setores. De acordo com Botter, o mês de maio teve uma recuperação na área comercial. Cargos relacionados a vendas e atendimento ao cliente aumentaram a demanda de contratações.

Veja também:

Compartilhe

Comentários