Provas do concurso Polícia Federal não serão suspensas, diz Fenapef

Concurso Polícia Federal: até o momento, a corporação e o Cebraspe ainda não se pronunciaram sobre um possível adiamento das provas. Saiba os detalhes.

Provas do concurso Polícia Federal: polícias federais de costas. É possível ler "Polícia Federal" no uniforme de um dos policiais

O Cebraspe ainda não se manifestou sobre uma possível suspensão do certame. - Foto: Agência Brasil

Após liminar que suspendeu as avaliações da PRF, muitas pessoas temem que o mesmo aconteça com o concurso PF. O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Boudens, tranquilizou os concurseiros ao informar que não existe previsão para o adiamento das provas da PF. Elas ainda estão marcadas para o dia 23 de maio e devem contar com duas etapas: objetivas e discursivas.

Até o momento, a Polícia Federal e o Cebraspe ainda não se pronunciaram sobre o assunto. É possível que novas informações sejam anunciadas ao longo das próximas semanas. Ao todo, o concurso PF contempla 1.500 vagas efetivas para profissionais de nível superior. As remunerações foram definidas nos valores de R$ 12.522,50 e R$ 23.692,74, dependendo do cargo pleiteado pelo candidato.

Provas do concurso Polícia Federal continuam mantidas

As provas do concurso Polícia Federal estavam inicialmente marcadas para o dia 21 de março de 2021. Devido às medidas adotadas pelos estados e municípios contra a COVID-19, o calendário do certame passou por mudanças pontuais. Assim, as avaliações foram adiadas para o dia 23 de maio do mesmo ano e, até então, o Cebraspe ainda não se manifestou sobre uma possível suspensão do certame.

Conforme o edital de abertura, as 1.500 vagas foram distribuídas para os seguintes cargos:

  • Delegado da Polícia Federal: 123 vagas, com remunerações mensais de R$ 23.692,74;
  • Agente da Polícia Federal: 893 vagas, com remunerações mensais de R$ 12.522,50;
  • Escrivão da Polícia Federal: 400 vagas, com remunerações mensais de R$ 12.522,50;
  • Papiloscopista: 84 vagas, com remunerações mensais de R$ 12.522,50.

Demais etapas do concurso Polícia Federal

Além das provas escritas, os candidatos vão passar por outras etapas classificatórias e eliminatórias. Confira:

  • Exame de aptidão física;
  • Avaliação médica;
  • Prova oral (somente para o cargo de Delegado);
  • Prova prática de digitação (somente para o cargo de Escrivão);
  • Prova de títulos (somente para o cargo de Delegado);
  • Avaliação psicológica;
  • Investigação social;
  • Curso de formação profissional (CFP) para aqueles que se classificarem em todas as etapas anteriores.
Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »