Quem não atualizar o Caixa Tem pode perder o auxílio emergencial?

A Caixa pediu aos usuários do Caixa Tem que atualizassem seus dados. Procedimento não é uma condição para receber Bolsa Família e auxílio emergencial 2021.

A Caixa Econômica Federal aconselhou os usuários do Caixa Tem a atualizarem as informações prestadas no aplicativo. O objetivo é dar mais segurança aos correntistas e evitar possíveis fraudes em relação aos benefícios pagos pela plataforma. Por isso, quem recebe Bolsa Família ou auxílio emergencial deve ficar atento às datas de atualização.

"A atualização não é obrigatória. É um convite da Caixa. A instituição bancária está chamando os clientes para fazerem a atualização e terem acesso a mais serviços e mais segurança na movimentação da conta, mais proteção contra fraude", informou a assessoria da Caixa em entrevista para o Concursos no Brasil.

O banco definiu um calendário para que os clientes pudessem fazer as alterações e confirmações de dados necessárias sem lotar a plataforma com acessos simultâneos. Assim, o cronograma teve início no dia 14 de março para os nascidos em janeiro. A última data prevista é dia 31 de março, quando será a vez dos que nasceram em dezembro.

"[Com a atualização cadastral] não terá limite de movimentação nem nada disso. O cliente tem essa possibilidade de movimentação, se ele quiser ter acesso a uma conta digital da Caixa. Às vezes ele tem uma outra e não quer mais uma. Não é obrigatório. Não é uma condição pra receber o auxílio emergencial 2021, mas é um convite que a Caixa está fazendo. É um melhoramento na poupança social digital", explicou o banco. 

A atualização do Caixa Tem é obrigatória?

De acordo com a Caixa, atualizar o cadastro do Caixa Tem não é obrigatório e também não irá impedir os beneficiários de receberem o auxílio emergencial ou o Bolsa Família. A instituição acredita que esta é uma maneira que os usuários terão de se precaver contra golpes e garantir mais recursos pelo app.

A equipe do Concursos no Brasil entrou em contato com a assessoria da instituição financeira para saber um pouco mais sobre como proceder. "Para ofertar mais segurança, a Caixa convida os clientes do aplicativo Caixa Tem a atualizarem seus dados cadastrais. O processo é feito totalmente pelo celular, não sendo necessário ir até uma agência do banco. Basta acessar o aplicativo e seguir as orientações", explicou a assessoria da Caixa.

Sendo assim, é só seguir os passos abaixo:

  1. Acesse o aplicativo em seu celular. Ele está disponível para dispositivos móveis com versão para Android e iOS;
  2. Toque na opção "Atualize Seu Cadastro";
  3. Clique em "próximo" e, em seguida, leia os termos e condições sobre a política de privacidade;
  4. Feito isso, toque em "li e concordo";
  5. Toque em "quero ser Cliente Top";
  6. Complemente as informações do seu cadastro. Caso exista algum dado antigo ou incorreto, corrija-o;
  7. Em seguida, informe os dados de renda e patrimônio;
  8. Envie a documentação solicitada pelo aplicativo (foto do documento pessoal e foto beneficiário segurando o próprio documento de identidade);
  9. Finalize a atualização do cadastro e aguarde a análise da instituição bancária.

A Caixa Econômica Federal, pelo seu canal no YouTube, também publicou um vídeo com o passo a passo.

Problemas ao atualizar o cadastro no app

Nesta terça-feira (16/03), muitos internautas fizeram reclamações nas redes sociais acerca da atualização de dados no Caixa Tem. Os usuários relataram problemas no formulário do aplicativo ao realizarem o procedimento. A principal razão foi um alerta que surge com a mensagem "Desculpe, não consegui carregar suas perguntas".

Outras pessoas informaram que ao clicar para atualizar aparece apenas uma tela branca que não carrega e teve quem afirmou que plataforma não está finalizando o processo como deveria. O banco ainda não se pronunciou sobre os erros do aplicativo. 

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »