Quem recebe Bolsa Família pode contestar auxílio emergencial negado

Dataprev está com prazo aberto para beneficiários do Bolsa Família contestarem o auxílio emergencial negado e terem a chance de receber as parcelas.

auxílio emergencial bolsa família: a imagem mostra computador aberto no site do auxílio emergencial

Veja as datas de pagamento do benefício. - Foto: Concursos no Brasil

Os beneficiários do Bolsa Família que tiveram o auxílio emergencial negado poderão contestar a decisão. O site da Dataprev ficará aberto para reanálise até o dia 1° de maio e os trabalhadores poderão comprovar que se encaixam nas regras. Sabe-se que cerca de 4,59 milhões de brasileiros inscritos pelo programa de transferência foram consideradas inelegíveis. 

É importante ressaltar que caso essas pessoas consigam a aprovação, não poderão acumular os dois benefícios, valendo o que for de maior valor. Ou seja, se alguém recebe o BF de R$ 190 e foi aprovado para o auxílio emergencial de R$ 250, contará apenas com o último. Mas se conseguir o de R$ 150, manterá o original. 

Dessa forma, durante os quatro meses da ajuda de custo governamental criada por causa da crise de saúde, o BF ficará suspenso para aqueles que forem aprovados. Já quem está esperando o resultado da reanálise, continuará recebendo os valores normalmente. Demais brasileiros que receberam o benefício em 2020 e se encaixam nos critérios de 2021 já tiveram o prazo de contestação encerrado.

Pagamentos do auxílio emergencial para o Bolsa Família

Só no mês de abril o Ministério da Cidadania calculou que 10 milhões de beneficiários do Bolsa Família receberiam o auxílio emergencial, somando R$ 2,98 bilhões. A primeira parcela já foi paga para quem tem o NIS final de 1 até 5. Esse último grupo recebeu o dinheiro nesta sexta-feira (23/04) e o restante receberá nos seguintes dias:

  • NIS final 6: 26 de janeiro de 2021;
  • NIS final 7: 26 de janeiro de 2021;
  • NIS final 8: 26 de janeiro de 2021;
  • NIS final 9: 26 de janeiro de 2021;
  • NIS final 0: 26 de janeiro de 2021.

O Bolsa Família tem um cronograma específico para o auxílio emergencial com datas diferentes do público normal. A segunda parcela já tem datas e será paga na segunda quinzena de maio:

  • NIS final 1: 18 de maio de 2021;
  • NIS final 2: 19 de maio de 2021;
  • NIS final 3: 20 de maio de 2021;
  • NIS final 4: 21 de maio de 2021;
  • NIS final 5: 24 de maio de 2021;
  • NIS final 6: 25 de maio de 2021;
  • NIS final 7: 26 de maio de 2021;
  • NIS final 8: 27 de maio de 2021;
  • NIS final 9: 28 de maio de 2021;
  • NIS final 0: 31 de maio de 2021.

Assim que os pagamentos do auxílio emergencial forem encerrados, os depósitos do Bolsa Família irão retornar seguindo o calendário normal do programa.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »