Renda Família aprovado: como receber o benefício de R$ 300?

Renda Família ajudará pessoas de baixa renda que moram na capital goiana. Inscrições serão feitas de forma online.

Renda Família aprovado: como receber o benefício de R$ 300; cédulas de reais

Saiba mais sobre o benefício. - Foto: Concursos no Brasil

O Renda Família foi sancionado nesta quinta-feira (11/02) pelo prefeito de Goiânia, Rogério Cruz. O benefício será de R$ 300 para as pessoas de baixa renda que moram na capital goiana. A Lei que cria o Renda Família já está no Diário Oficial do Município.

O prefeito da cidade disse que a ideia é auxiliar as pessoas mais vulneráveis. “Com essa ajuda, daremos sequência aos nossos programas do plano de governo, como foi o caso do IPTU Social, que já é um sucesso, ampliando ainda mais a nossa política social”, disse Rogério Cruz.

Renda Família: como receber o benefício de R$ 300?

O cadastro do Renda Família será realizado no site da Prefeitura Municipal de Goiânia. No momento de publicação da matéria, as inscrições ainda não foram abertas e os prazos serão divulgados em breve. Fique atento aos comunicados oficiais da administração municipal.

Quem pode receber o Renda Família?

A Prefeitura de Goiânia divulgou quem pode receber as parcelas de R$ 300:

  • Ter pelo menos 18 anos;
  • Morar em um imóvel (alugado ou próprio) com valor venal de até R$ 100 mil;
  • Não ter fonte de renda capaz de sustentar as suas necessidades básicas ou do núcleo familiar que integra;
  • Não ser microempreendedor individual (MEI);
  • Não estar empregado formalmente, assim como os demais membros da família. Além disso, não ter outro tipo de renda como agentes públicos e titulares de mandato eletivo;
  • Não estar vinculado a qualquer tipo de renda, ou benefício previdenciário/assistencial, ou seguro-desemprego, ou programa de transferência de renda federal exceto o Programa Bolsa Família.

Gastos só poderão ocorrer em supermercado

Ao contrário do auxílio emergencial do governo federal, que poderia ser gasto pelo beneficiário onde quisesse, o Renda Família de Goiânia só poderá ser gasto com alimentação. A informação foi dada pelo secretário municipal de Finanças, Alessandro Melo:

“Agora que foi aprovado na Câmara, vamos liberar o portal de cadastramento das famílias. Vai ser uma espécie de cartão-alimentação para os beneficiários comprarem apenas em supermercados na capital. Não vão poder gastar em restaurante ou bar”, revelou o secretário.

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »