Segundo IBGE, 12,4 milhões de brasileiros estão desempregados

IBGE divulgou relatório apontando que 12,4 milhões de brasileiros estão desempregados. Parte dessas pessoas foram desligadas por causa da pandemia.

Segundo IBGE, 12,4 milhões de brasileiros estão desempregados, carteira de trabalho

Dados são da quarta semana de junho. - Foto: Wikimedia Commons

Nesta sexta-feira (17/07), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que cerca de 12,4 milhões de brasileiros estão desempregados. Os números são da última semana do mês de junho. O que mais impressionou os pesquisadores foi que 675 mil pessoas perderam seus empregos em um prazo de sete dias, da terceira para a quarta semana.

Se a comparação for feita no período de um mês, os números também não são animadores. Do começo de maio para o final de junho, 2,6 milhões de trabalhadores foram desligados de suas funções, um crescimento de 26%.

A maior parte dos trabalhadores que foram demitidos nos últimos meses fazem parte dos reflexos da crise econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Muitas empresas foram obrigadas a reduzir o pessoal ou diminuir a quantidade de horas e consequentemente os salários para não fecharem as portas.

Oficialmente, a população ocupada é composta agora por aproximadamente 82,5 milhões. Do total, de acordo com o IBGE, 8,6 milhões trabalharam remotamente (home office). Sendo assim, 12,4% dos trabalhadores não estão frequentando o ambiente de trabalho.

OCDE fez alerta para países do grupo

No dia 07 de julho, a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgou um relatório no qual apontava que a crise de empregos gerada na pandemia era pior que a de 2008, quando houve problemas no mercado financeiro global.

Segundo o relatório, jovens, mulheres e trabalhadores com baixos rendimentos estão entre os mais afetados pela crise. As projeções indicam que a taxa de desemprego no conjunto de países que fazem parte da OCDE pode alcançar o percentual de 9,4% no quarto trimestre de 2020. Quase um décimo das pessoas em países desenvolvidos ficaria sem trabalhar. Em países, mais pobres como o Brasil, a tendência é que seja pior. A taxa de desemprego no Brasil, segundo o IBGE, é de 13,1%.

Veja também:

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »