Semana do Brasil: Bancos oferecem renegociação de dívidas

Semana do Brasil: de 13 de setembro de 2020. Vários bancos ao redor do país oferecem renegociação de dívidas e outras condições especiais, confira!

A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) informou que entre os dias 03 e 13 de setembro de 2020 acontecerá a segunda edição da Semana do Brasil. O período é uma espécie de Black Friday brasileira criada em 2019. Dessa vez, 18 bancos irão participar da iniciativa, oferecendo renegociação de dívidas com juros baixos, ofertas em serviços bancários e condições especiais na contratação de crédito.

O responsável pela coordenação da Semana do Brasil é Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV), com o apoio do governo federal. Segundo a Federação, o objetivo é criar uma época de promoções no comércio brasileiro como uma forma de fortalecer a economia.

“A FEBRABAN e os bancos se mobilizaram para buscar as melhores ações e iniciativas que trouxessem descontos e ofertas especiais para nossos clientes. A campanha ganha ainda mais força neste ano, em que fomos afetados pela pandemia da COVID-19, e é preciso engajar todos os setores da sociedade para a retomada econômica de nosso país”, afirmou o presidente da Febraban, Isaac Sidney.

Quais são os bancos que farão negociação de dívidas

Os 18 bancos que irão participar da Semana no Brasil 2020 são:

  • ABC Brasil;
  • Alfa;
  • Amazônia;
  • Banco do Brasil;
  • Banco do Nordeste;
  • Banco Pan;
  • Banrisul;
  • Bradesco;
  • BRB (Banco de Brasília);
  • BTG;
  • BV;
  • C6 Bank;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Daycoval;
  • Digimais;
  • Itaú;
  • Mercantil do Brasil;
  • Santander.

Condições especiais na Semana do Brasil

Segundo a Febraban, estão previstas as seguintes iniciativas na Semana do Brasil:

  • Descontos especiais em renegociações de dívidas;
  • Crédito pessoal com desconto em taxas;
  • Taxas diferenciadas em linhas de crédito de capital de giro;
  • Ofertas em seguro de automóvel, residencial, de saúde, de vida e odontológico;
  • Isenção de anuidade em cartões de crédito;
  • Depósito a prazo com remunerações especiais no CDB;
  • Taxas reduzidas na portabilidade ativa de crédito consignado;
  • Aplicação inicial reduzida em Previdência;

Contudo, cada instituição financeira participante da Semana do Brasil tem suas próprias condições e critérios para as promoções, renegociação de dívidas e ofertas. Veja alguns:

  • Banco do Brasil: os descontos são tanto para pessoas físicas como empresas. Os clientes têm 180 dias para quitar a primeira parcela do empréstimo consignado. O banco ainda oferece redução de até 25% das taxas de juros para renegociação de dívidas atrasadas. Há também opções de antecipação do 13° salário e realização de empréstimos;
  • Banco Pan: nesse período, são oferecidos descontos nas drogarias credenciadas em até 25%, parcelamentos em até 18x com valores fixos e ofertas por meio do Clube de Ofertas;
  • Bradesco: para pessoas físicas, o banco oferece crédito parcelado com taxas a partir de 0,99%. Já para quem é pessoa jurídica há a antecipação de recebíveis de cartão com taxas a partir de 1,19% ao mês. A instituição também oferece financiamento de veículos com taxas a partir de 0,59% e renegociação de dívidas com parcelamento de até 72x para ambos;
  • Caixa: os clientes de crédito pessoal terão diminuição dos valores na análise de crédito. Por exemplo, quem tem o CDC Salário Especial, normalmente conta com taxas de 2,17% que serão reduzidas para 1,99%. Já os empréstimos consignados poderão ser renovados pelo Internet Banking/App da Caixa ou criados com taxas menores. O banco ainda oferece outros descontos pelo Cartão de crédito ou débito Elo, seguro de vida e seguro residencial.

Você pode saber mais sobre as ações realizadas durante a Semana do Brasil e fazer suas solicitações, acessando o site do seu banco.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »