Senado Federal abre 30 cursos online e gratuitos; CONFIRA

Senado Federal abre 30 cursos online, dentre os quais capacitação sobre assédio moral e sexual no trabalho e sobre doutrinas políticas.

Senado Federal abre 30 cursos online e gratuitos: panorama do congresso nacional

Senado abre vagas em cursos gratuitos - Foto: Leonardo Sá/Agência Senado

As inscrições estão abertas para cursos sem tutoria ofertados pelo Senado Federal, por meio pela plataforma Saberes, do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), que é responsável pelas políticas de capacitação do Senado.

Os cursos ofertados são na modalidade de ensino à distância, com carga horária entre 6 e 60 horas e possibilidade de conclusão em até 60 dias. Estão disponíveis cursos em áreas como direito, doutrinas políticas, processo legislativo brasileiro, administração e língua portuguesa.

Os cursos que não têm tutoria são aqueles em que não há acompanhamento do aprendizado do aluno, ou seja, é uma espécie de curso “auto instrucional”. Não foram divulgados pré-requisitos para a participação nos cursos.

Senado Federal abre 30 cursos online e gratuitos: veja lista!

Os cursos são ofertados em parceria com algumas instituições, como a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Controladoria Geral da União (CGU) e a TV Justiça.

Confira abaixo a relação completa de formações disponíveis:

  • Assédio Moral E Sexual No Trabalho;
  • Cerimonial no Ambiente Legislativo;
  • Conhecendo o Novo Acordo Ortográfico;
  • Desenvolvimento de Equipes;
  • Dialogando sobre a Lei Maria Da Penha;
  • Direito Administrativo Para Gerentes No Setor Público;
  • Doutrina Política: Liberalismo;
  • Doutrina Política: Novas Esquerdas;
  • Doutrina Política: Social-Democracia;
  • Doutrina Política: Socialismo;
  • Estado e Organizações da Sociedade Civil: Mrosc;
  • Ética e Administração Pública;
  • Excelência no Atendimento;
  • Fundamentos da Integração Regional: O Mercosul;
  • Gestão Estratégica Com Foco Na Administração Pública;
  • Introdução ao Controle Interno;
  • Introdução ao Direito Constitucional;
  • Introdução ao Direito do Consumidor;
  • Introdução ao Orçamento Público;
  • Lei De Acesso à Informação;
  • O Poder Legislativo;
  • O Poder Legislativo Municipal no Brasil;
  • Ouvidoria na Administração Pública;
  • Ouvidoria no Ambiente Legislativo Municipal;
  • Política Contemporânea;
  • Processo Legislativo Federal;
  • Processo Legislativo Regimental;
  • Relações Internacionais: Teoria E História;
  • Siga Brasil Relatórios;
  • Transparência Legislativa.

Cada pessoa poderá solicitar participação em até dois cursos. Vale ressaltar que o certificado de conclusão só é liberado 21 dias após a matrícula.

Concurso Senado Federal: 40 vagas previstas para 2021

O Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), para o ano de 2021, constava a previsão de 40 novas para o concurso Senado Federal.

Esse quantitativo de vaga já era esperado desde o começo de 2020, quando tudo indicava que o novo concurso seria realizado. Além de cadastro reserva, o concurso Senado Federal prevê o preenchimento de 40 vagas efetivas no quadro pessoal de servidores.

As oportunidades serão distribuídas da seguinte maneira:

  • Nível médio: 24 vagas para Técnico Legislativo (Policial Legislativo);
  • Nível superior: quatro vagas para Advogado e 12 vagas para Analista Legislativo (Administração, Arquivologia, Assistência Social, Contabilidade, Enfermagem, Informática Legislativa, Processo Legislativo, Registro e Redação Parlamentar, Engenharia do Trabalho e Engenharia Eletrônica e Telecomunicações).

Ficou interessado neste concurso previsto? Clique aqui e saiba mais detalhes sobre o concurso Senado Federal. 

Márcia Andréia
Redatora
Jornalista no Portal Concursos no Brasil, estudou Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduanda em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Dom Alberto.
Atuou na produção da Record Bahia, na assessoria de comunicação da Prefeitura de Correntina - BA, na redação do Jornal do Sudoeste, dentre outras atividades na área de propaganda.

Compartilhe

Comentários

Especial IBGE

Veja mais »