Transferências pelo Caixa Tem devem ser liberadas nesta semana

Beneficiários do auxílio emergencial poderão realizar transferências bancárias por meio do Caixa Tem a partir desta sexta-feira. Confira o calendário.

Os pagamentos da primeira parcela do auxílio emergencial serão encerrados nesta semana e a Caixa Econômica deve liberar transferências bancárias a partir do dia 30 de abril de 2021 (sexta-feira). Assim como o calendário de saque em dinheiro, as movimentações entre contas ficarão disponíveis de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários.

Atualmente, quem está com o dinheiro na conta digital já pode usá-lo para pagar contas e boletos, bem como fazer compras online com o cartão de débito virtual. Também é possível comprar em lojas físicas por meio do QR Code nas maquininhas. Alguns lugares, como o Supermercado Extra, até dão desconto para quem usa o auxílio emergencial.

Calendário de transferências do auxílio emergencial

Além de TED e DOC, que já podiam ser realizados pelo Caixa Tem desde 2020, agora, o Banco Central anunciou que o auxílio emergencial também poderá ser transferido via PIX. Assim, o dinheiro poderá ser enviado da conta digital instantaneamente em qualquer horário e dia da semana.

No entanto, o BC afirmou que, por uma questão de segurança, os beneficiários não poderão mandar o valor para contas de mesma titularidade. Veja quais são os dias que as transferências pelo Caixa Tem serão liberadas:

  • Nascidos em Janeiro: 30 de abril de 2021;
  • Nascidos em Fevereiro: 03 de maio de 2021;
  • Nascidos em Março: 04 de maio de 2021;
  • Nascidos em Abri: 05 de maio de 2021;
  • Nascidos em Maio: 06 de maio de 2021;
  • Nascidos em Junho: 07 de maio de 2021;
  • Nascidos em Julho: 10 de maio de 2021;
  • Nascidos em Agosto: 11 de maio de 2021;
  • Nascidos em Setembro: 12 de maio de 2021;
  • Nascidos em Outubro: 13 de maio de 2021;
  • Nascidos em Novembro: 14 de maio de 2021;
  • Nascidos em Dezembro: 17 de maio de 2021.

Vale ressaltar que esse cronograma não vale para os beneficiários do Bolsa Família. Esses podem movimentar o auxílio emergencial da mesma maneira que fazem com o próprio BF.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »