Universidade abre curso gratuito de Libras para profissional de saúde

Curso de Libras tem como objetivo auxiliar na comunicação entre profissionais de saúde e pacientes surdos, principalmente durante a pandemia.

Universidade abre curso gratuito de Libras para profissional de saúde, intérprete de Libras

Saiba como se inscrever. - Foto: Agência Senado

Hoje (29/03) é o último dia para se inscrever no curso gratuito de Libras (Língua Brasileira de Sinais) para profissional de saúde oferecido pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

A ideia é facilitar a comunicação e, consequentemente, o atendimento de quem atua na linha de frente de combate à COVID-19. Muitos pacientes que chegam aos hospitais são pessoas surdas e que só conseguem se expressar via linguagem de sinais.

A comunicação do paciente com o profissional de saúde é fundamental para se saber os sintomas, medicações utilizadas e demais informações relevantes para o tratamento da pessoa.

Sobre as inscrições e o curso de Libras

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas por meio do formulário eletrônico específico.

O curso, denominado de Libras na Linha de Frente possui 40 vagas e aceita profissionais formados e estudantes de todo o Brasil. O início das aulas será no dia 29 de março de 2021, às 17h e o término ocorrerá em 02 de abril.

As atividades serão ministradas pelo professor Alexsander Pimentel de forma online. O participante que obtiver pelo menos 75% de presença ganhará certificado de participação do curso. As aulas fazem parte do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia em Saúde da PUC Paraná.

Possíveis cursos de Libras em abril

Apesar de ainda não ser oficial, a universidade pretende realizar novos cursos no mês de abril de 2021. Portanto, se você não puder participar agora, fique de olho nos canais da PUC Paraná para saber sobre novas datas.

Sobre a Libras

A Língua Brasileira de Sinais (Libras) é a língua de sinais utilizadas por brasileiros que possuem algum tipo de problema auditivo. Ela é reconhecida como meio de comunicação oficial e tem uma semelhança considerável com línguas europeias.

Ao contrário do que muitos acreditam, a Libras não está atrelada à Língua Portuguesa. Prova disso é que a linguagem de sinais em Portugal é diferente da brasileira, no caso a LGP (Língua Gestual Portuguesa).

Portanto, a divulgação e aprendizado de Libras vem se tornando cada vez mais importante para a inclusão de uma parcela da sociedade brasileira. Profissionais não-surdos com esse tipo de conhecimento costumam ser privilegiados em diversas empresas e órgãos governamentais.

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »