Coca-Cola vai gerar 2,2 mil empregos em nova fábrica em São Gonçalo

Investimento de R$ 700 milhões será âncora de novo distrito industrial na região.

A Coca-Cola vai investir R$ 700 milhões em uma nova fábrica em São Gonçalo. A unidade começa a operar em 2014, pouco antes da Copa do Mundo, gerando 2,2 mil empregos. Terá uma produção inicial de 284 milhões de litros por ano, que deverá ser elevada para a capacidade máxima de 1,2 bilhão de litros por ano.

A nova unidade será a âncora de um novo distrito industrial naquela região a ser criado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços (Sedeis) por meio da Companhia de Desenvolvimento Industrial (Codin). A ideia é que os fornecedores da Coca-Cola se instalem no entorno da nova unidade.

- A fábrica da Coca-Cola em São Gonçalo é um presente para o Estado do Rio de Janeiro.Vai revolucionar o município, que tem uma das menores rendas per capita do Estado e beneficiar toda a região com geração de empregos e renda - disse o secretário Julio Bueno.

Segundo ele, a área em que a Coca-Cola será instalada ainda está em estudo. A empresa precisa de um terreno de 800 mil metros quadrados, mas a secretaria está em busca de uma área de 1,1 milhão de metros quadrados para instalar o novo distrito industrial.

A Coca-Cola possui hoje uma fábrica em Jacarepaguá, que está produzindo 900 milhões de litros, volume já bem próximo da capacidade máxima de 1,2 bilhão de litros anuais. A unidade de Jacarepaguá não teria para onde ser expandida. A escolha da nova localização, do outro lado da Baía de Guanabara é estratégica e visa atender o público da Região dos Lagos até Campos.

Fonte: Ascom da Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Compartilhe